ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Pete Souza, o lusodescendente que fotografou a administração Obama
Revista PORT.COM • 09-Abr-2017
Pete Souza, o lusodescendente que fotografou a administração Obama



Durante oito anos tirou cerca de dois milhões de fotografias ao primeiro afro-americano a liderar o país mais poderoso do mundo, as quais agora partilha numa conta pessoal nas redes sociais. Foi com Pete Souza que Obama começou a reparar que estava rodeado de açorianos na Casa Branca.

Pete Souza já não fotografa o Presidente dos Estados Unidos da América, mas as fotografias obtidas pelas suas objetivas continuam a ser seguidas atentamente por todo o mundo. Depois de Donald Trump ter chegado à Casa Branca, a 20 de janeiro deste ano, o lusodescendente de 62 anos criou uma conta no Instagram, que em pouco mais de dois meses já soma mais de um milhão de seguidores.

Nesta rede social, o ex-fotógrafo oficial da Casa Branca recorre maioritariamente ao arquivo de dois milhões de fotos que tirou durante os oito anos de administração Obama. Durante esse período, o primeiro afro-americano a chegar a Chefe de Estado do país mais poderoso do mundo foi logicamente a figura mais retratada pelas suas fotografias.

Neto de açorianos, tanto por parte da família materna como da paterna, Souza já partilhou, na sua nova conta na rede social de fotografias, imagens de Obama com a esposa Michelle, com figuras de proa da política internacional, como Angela Merkel, Vladimir Putin, Enrique Peña Nieto e Justin Trudeau, com crianças de diversas nacionalidades e etnias, e até com o cão-de-água português, Bo.

Já sem qualquer cargo oficial junto da administração norte-americana, o lusodescendente de segunda geração também partilha algumas das fotografias tiradas a alguns dos seus artistas preferidos, como os músicos Bruce Springsteen, Sting e Brandi Carlile. A equipa de basebol Boston Red Sox também faz parte dos seus interesses, não tivesse nascido no Estado do Massachussets, na cidade de New Bedford, localidade onde residem milhares de representantes da comunidade portuguesa.

 

Uma amizade que nasceu antes da Casa Branca

 

Barack Obama não foi o primeiro Presidente norte-americano fotografado por Pete Souza, que já tinha passado pela Casa Branca durante a administração Reagan. A relação entre ambos nasceu em 2005, quando Souza era o fotógrafo correspondente em Washington do jornal Chicago Tribune, acompanhando assim de perto o senador eleito pelo Estado do Illinois, o que lhe permitiu lançar um livro de fotografias chamado The Rise of Barack Obama (“O despontar de Barack Obama”).

A legenda de uma fotografia de Pete Souza com Obama, tirada na Base das Lajes e publicada no Instagram, evidencia a excelente relação entre ambos. Atualmente esta imagem reúne mais de 68 mil gostos e de dois mil comentários:

 

“Durante oito anos, o meu chefe referia-se a mim, creio com respeito, como “O Açoriano”. Tanto os meus avós maternos como paternos nasceram nos Açores, arquipélago português no meio do Atlântico. Penso que ele achava isso fixe porque ele nunca havia conhecido ninguém dos Açores. Até que descobriu que o diretor político no seu segundo mandato, David Simas, e a sua secretária da Energia, Ernie Moniz, também tinham raízes açorianas. Então ainda passou a ser mais fixe que eu fosse “O Açoriano”. Em novembro passado, o Air Force One teve que reabastecer de combustível nos Açores enquanto viajávamos da Grécia para o Peru. O Presidente, que normalmente não desembarca do avião durante as paragens para reabastecer, disse aos Serviços Secretos que ia sair do avião e “tirar uma fotografia com o Pete”. Então, para observar a belíssima envolvência, nós caminhámos ao longo do asfalto durante 90 minutos. Obrigado ao meu colega Chuck Kennedy por ter tirado esta fotografia.”

 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ