ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Galiza quer introduzir o português como língua estrangeira
Revista PORT.COM • 19-Abr-2017
Galiza quer introduzir o português como língua estrangeira



O presidente da Junta da Galiza (Espanha), Alberto Nuñez Feijóo, disse, no Porto, que tem intenções de "paulatinamente" introduzir o conhecimento do português como língua estrangeira no ensino secundário galego.

Depois de receber a Medalha Municipal de Honra da Cidade pelo seu contributo para o relacionamento entre o Norte de Portugal e a Galiza, o presidente da junta galega recordou o Memorando de Entendimento para a Adoção do Português como Língua Estrangeira de Opção e Avaliação Curricular no Sistema Educativo Não Universitário da Comunidade Autónoma da Galiza, assinado em fevereiro de 2015, e afirmou que a intenção atual é ir "introduzindo paulatinamente o conhecimento do português como língua estrangeira dentro da educação secundária na Galiza".

Feijóo disse também que há intenção de ampliar estudos bibliográficos da língua galega e portuguesa nas respetivas bibliotecas.

Na área da Educação, o presidente da Junta da Galiza assumiu que o "programa de cooperação interuniversitária deve continuar, assim como a mobilidade de estudantes e a promoção de projetos formativos comuns", acrescentou Feijóo.

Há "quatro áreas importantes" para reforçar da colaboração entre galegos e o Norte de Portugal, observou o presidente da junta galega.

Além da área da Educação e da Cultura, Feijóo falou também no âmbito institucional e no setor da Economia, referindo a necessidade de dinamizar os "respetivos mercados", com Jornadas de Emprego no âmbito da eurorregião e no âmbito institucional" e organizando reuniões políticas setoriais.

"Temos instrumentos muito importantes para materializar a cooperação", afirmou recordando que têm à disposição a primeira estratégia de especialização inteligente transfronteiriça da União Europeia, e que aspira a mobilizar 360 milhões de euros até 2020.

O presidente da Junta da Galiza defendeu também a vontade de trabalhar com o Norte de Portugal para ambos se "posicionarem no mercado latino-americano".

"Tanto a Galiza, como Portugal têm condições para reforçar a nossa colaboração no Brasil e nos países latino-americanos, trocando informação, fazendo missões conjuntas dos empresários, intensificando a nossa relação", concluiu.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ