ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cantora Viviane em digressão por seis palcos bálticos
Revista PORT.COM • 20-Jun-2017
Cantora Viviane em digressão por seis palcos bálticos



A cantora Viviane apresenta o seu mais recente álbum,

O álbum “Confidências” faz uma retrospetiva de 25 anos de carreira da intérprete que se estreou em 1990, no grupo Entre Aspas, foi editado em novembro de 2015, tem como único inédito "Fado do Beijo" e inclui ainda uma versão da canção "Cantoras do Rádio", do repertório de Carmen Miranda.

Do álbum fazem ainda parte canções como "O Tempo Subitamente Solto Pelas Ruas e Pelos Dias", "A Vida Não Chega", "Meu Coração Abandonado", "Confidências da Minha Rua", "Não Apagues o Amor", "Do Chiado Até ao Cais", com letras da própria Viviane, de Hugo Costa, José Luís Peixoto, Fernando Cabrita e Fátima Murta, com música de Viviane ou em parceria com Tó Viegas, um dos músicos que a acompanha nesta digressão.

"Nesta digressão Viviane apresenta-se num formato essencialmente acústico onde se cruzam os sons da guitarra portuguesa, da guitarra acústica, do contrabaixo, da melódica,da flauta, do piano e da bateria", segundo informação da sua promotora.

Na sexta-feira, Viviane atuou no Centro Cultural de Talsi, na Letónia, e, no dia seguinte, no castelo da cidade de Edoles, a 166 quilómetros a oeste de Riga.

No dia 21, passa a fronteira em direção à Lituânia, e atua no Centro Cultural de Ukmergès, a 74 quilómetros a norte de Vilnius. No dia seguinte, já na capital do país, a criadora de "Deixei a Janela Entreaberta" e "Recomeçar" atua na igreja de Santa Catarina e, no dia 23, ainda em solo lituano, no Raudondvaris, em Kaunas, a cerca de 100 quilómetros a oeste de Vilnius.

A digressão de Viviane termina no dia 24 de junho, em Ramybés, nos arredores de Kaunas, com um espetáculo no Centro Cultural local.

Viviane realizou, em agosto do ano passado, vários espetáculos em diferentes cidades da Lituânia, "todos eles com casa esgotada", segundo informação da promotora.

"Era a Voz que Salvava", "Alma Danada", "Só o Sol" e "Vai Mole a Manhã" são outros temas deste álbum, com o qual Viviane, nascida em Paris, celebrou dez anos de carreira a solo.

A cantora fez parte também, entre outros, do projeto "Rua da Saudade", de tributo ao poeta José Carlos Ary dos Santos, ao lado das cantoras Mafalda Arnauth, Susana Félix e Luanda Cozetti.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ