ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lisboa dá o primeiro passo para ser Património da Humanidade
Revista PORT.COM • 09-Jul-2017
Lisboa dá o primeiro passo para ser Património da Humanidade



A candidatura foi validada pelo Comité do Património Mundial da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), reunido em Cracóvia.

A candidatura "Lisboa Histórica, Cidade Global" foi incluída na lista indicativa a Património Mundial, pela UNESCO, anunciou a câmara da capital, referindo que este é "o primeiro passo" para uma proposta a Património da Humanidade.

"Lisboa Histórica, Cidade Global" trata-se de uma candidatura "abrangente e integrada, assente no conceito de Paisagem Urbana Histórica, que se estende além da noção convencional de centro histórico e valoriza o contínuo histórico e espacial".

"A área proposta corresponde ao plano de reconstrução da cidade [dirigido pelo marquês de Pombal], aprovado em 1758, incluindo a Baixa Pombalina entre o antigo Terreiro do Paço (hoje Praça do Comércio), a colina do Chiado e a área adjacente ao rio" Tejo, especifica a mesma fonte.

Este é, explica a câmara, o primeiro passo para ser apresentada a candidatura à lista de Património Mundial da Humanidade.

Este tipo de proposta, agora validada pela UNESCO, inclui "a topografia do local, a geomorfologia, hidrologia e recursos naturais, o seu ambiente construído, tanto histórico como contemporâneo, as suas infraestruturas acima e abaixo do nível do solo", "os espaços abertos e jardins, os padrões de uso do solo e a organização espacial, as perceções e relações visuais", explica a autarquia.

Além de outros elementos da estrutura urbana, são também incluídos neste projeto "práticas e valores sociais e culturais, processos económicos e as dimensões intangíveis do património relacionado com a diversidade e identidade".

A inscrição de "Lisboa Histórica, Cidade Global" na lista indicativa da UNESCO foi aprovada, por unanimidade, em 2016, em reunião de câmara, segundo proposta subscrita pelos vereadores Manuel Salgado e Catarina Vaz Pinto, e posteriormente aprovada pela Comissão Nacional da UNESCO.

 

Foto em destaque ©Reuters


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
As vivências da emigração portuguesa nos palcos do teatro
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ