ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Revista PORT.COM • 12-Jul-2017
Cave dos tempos da Lei Seca escondia vinhos da Madeira antigos



Será mesmo a maior coleção de vinhos da Madeira nos Estados Unidos.

Trabalhadores do Museu de Liberty Hall, em Nova Jersey, fizeram uma curiosa descoberta envolvendo um néctar com raízes portuguesas.

Tudo aconteceu quando desbravaram uma parede dos tempos da famosa Lei Seca. Atrás da parede estava uma coleção de dezenas de garrafas de vinho da Madeira, alguns que datavam de 1769, revela a CNN.

“Sabíamos que haveria vinho, mas não tínhamos noção nenhuma das datas. Foi uma grande surpresa”, contou John Kean, presidente do museu.

A Lei Seca foi a famosa lei proibicionista que vigorou entre 1920 e 1933. O objetivo era pôr fim ao vício do álcool mas, na prática, esta lei facilitou caminho ao contrabando e à ascensão de gangsters.

A casa onde os vinhos da Madeira foram descobertos foi construída em 1772, anos antes da Revolução Americana.

Os vinhos da Madeira descobertos terão sido criados para Robert Lenox, em tempos um milionário e conhecido exportador de vinhos nova-iorquino, falecido já no distante ano de 1839.

Algumas daquelas garrafas, disse à CNN Mannie Berk, presidente e fundador da Rare Wine Co., podem valer até 20 mil dólares. Não haverá, nos Estados Unidos, outra coleção tão valiosa de vinhos da Madeira como esta agora descoberta.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Na Ponta da Língua - Histórias, Memórias e Inovação na Emigração
Daniel Bastos
Historiador
Emigrantes lesados do BES no debate parlamentar
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelas Comunidades
O carnaval mais português de Portugal
Carlos Bernardes
Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras
DISCURSO DIRETO
Descendentes de judeus sefarditas portugueses
Isabel Vellozo Ferreira
FRANÇA
Uma viagem pela cultura e história de uma vida em três continentes
Ricardo Ferreira
BRASIL
A portuguesa que lidera a construção civil na Austrália
Graciete Ferreira
AUSTRÁLIA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ