ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Quarteto de Cordas de Guimarães no Festival Internacional de Música de Macau
Revista PORT.COM • 26-Jul-2017
Quarteto de Cordas de Guimarães no Festival Internacional de Música de Macau



O Quarteto de Cordas de Guimarães vai atuar, em outubro, no 31.º Festival Internacional de Música de Macau, um certame que sob o tema "Estrelas em Ascensão" aposta na música clássica e nos talentos locais.

A decorrer entre 29 de setembro e 30 de outubro, o Festival Internacional de Música de Macau (FIMM) inclui espetáculos de música clássica, ópera, jazz e gospel de Itália, Áustria, Alemanha, Portugal, Rússia, Estados Unidos da América, Coreia do Sul, China, Hong Kong e Macau, anunciou o Instituto Cultural.

De acordo com o programa, o Quarteto de Cordas de Guimarães vai subir ao palco do Teatro D. Pedro V a 28 de outubro, com "uma viagem musical através dos períodos do classicismo, romantismo e do século XX".

O projeto musical fundado em Guimarães em 2016 e que integra Emanuel Salvador e Álvaro Pereira nos violinos, Emilia Goch na viola e Catarina Gonçalves no violoncelo, vai interpretar obras de Mozart e de Mendelssohn, num concerto que culmina com obras contemporâneas do norte-americano Philip Glass e do português Luís de Freitas Branco.

A próxima edição do Festival Internacional de Música de Macau abre com Andrea Chénier, a Ópera em Quatro Atos, pela Filarmónica de Viena, a assinalar o 150.º aniversário do compositor Umberto Giordano.

Entre as "novas promissoras estrelas internacionais", o programa destaca o Quarteto de Cordas Novus da Coreia do Sul, que vai interpretar obras de Mozart, Tchaikovsky e Ravel, o pianista russo Lukas Geniosas, que vai apresentar Chopin, Ravel e Prokofiev, e ainda o compositor e vibrafonista japonês baseado na Alemanha Masayoshi Fujita (el fog).

No programa deste ano também há jazz, com destaque para a intérprete Jazzmeia Horn, que vai apresentar-se em Macau num espetáculo ao ar livre na Fortaleza do Monte.

Outros destaques são o Soweto Gospel Choir da África do Sul e o Coro Lírico Siciliano (Itália), que vai atuar na Igreja de S. Domingos.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ