ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Festival nova-iorquino de curtas portuguesas regressa a Macau
Revista PORT.COM • 17-Out-2017
Festival nova-iorquino de curtas portuguesas regressa a Macau



O documentário 'Portugueses do Soho' e um concerto da cantora Rita Redshoes abrem, no próximo dia 25, em Macau, a edição deste ano do NY Portuguese Short Film Festival, anunciou a Fundação Oriente.

O documentário 'Portugueses do Soho - Uma história que mudou a geografia', de Ana Miranda, conta a história dos emigrantes portugueses que chegaram ao Soho, em Nova Iorque, após a Segunda Guerra Mundial.

No dia 26, vão ser exibidos 11 filmes: 'Carga' de Luís Campos, 'O Entalhador ou A Oficina Mais Bela do Mundo' de João Vasco, 'Instalação do Medo' de Ricardo Leite, 'Tu' de Hugo Pinto, 'Foi o Fio' de Patrícia Figueiredo (Curta Convidada), 'Quarto em Lisboa' de Francisco Carvalho, 'Alvanéu' de André C. Santos, 'Manuel' de Bruno Carnide, 'The Amazing Ordinary Man' de Paulo Portugal, 'Ribbon Tooth' de Sara Gouveia, e 'Um longo dia', de Sérgio Graciano (Curta Convidada).

Em 2016, o festival apresentou dez "curtas" em Macau.

Depois do arranque da sétima edição em Nova Iorque e Cascais, o Arte Institute, organização com sede em Nova Iorque, responsável pelo festival, apresentou a seleção deste ano em Winnipeg (EUA), Moçambique, São Paulo (Brasil), Banguecoque, Mindelo (Cabo Verde), Fall River (EUA).

Em outubro, antes de Macau, o festival passou por Montréal e Kingston, no Canadá. A 1 de novembro, será a vez de Berkeley, na Califórnia (costa oeste dos EUA), seguindo-se África do Sul e Luanda, Angola.

As curtas-metragens foram selecionadas e submetidas à apreciação de um júri composto pelos realizadores Rúben Alves, Márcio Miranda Perez e Don Cato.

O NY Portuguese Short Film Festival (NYPSFF) tem por objetivo mostrar anualmente trabalhos escritos e dirigidos por uma nova geração de realizadores portugueses e "ampliar e conquistar novos públicos para o cinema português, em todo o mundo", de acordo com o Arte Institute.

Esta sétima edição do festival de curtas-metragens portuguesas foi lançada, em simultâneo, em maio passado, em Nova Iorque e Cascais, chegando agora a Macau. A primeira edição deste festival, que já passou por todos os continentes, 21 países e 44 cidades, aconteceu em junho de 2011.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ