ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Filme português 'A fábrica de nada' vence prémio principal de Festival de Cinema Europeu
Revista PORT.COM • 13-Nov-2017
Filme português 'A fábrica de nada' vence prémio principal de Festival de Cinema Europeu



O filme português 'A fábrica de nada', de Pedro Pinho, ganhou o principal prémio do Festival de Cinema Europeu de Sevilha, o Giraldillo de Oro, para o melhor filme.

O júri da secção oficial destacou a reflexão que o filme mostra sobre alguns factos relacionados com a crise económica vivida em muitos países europeus.

A longa-metragem narra as vicissitudes de um grupo de trabalhadores que continua a ir para a sua empresa depois dos proprietários a terem abandonado.

O realizador, presente na leitura do palmarés, foi muito aplaudido na sala e agradeceu o prémio, que recebeu na gala de encerramento do festival.

'A fábrica de nada' estreou-se em maio no Festival de Cannes, onde venceu o prémio da crítica, a que se seguiu o prémio CineVision, em junho, em Munique, para melhor novo filme.

Foi igualmente distinguido nos festivais Duhok, no Iraque, e Miskolc, na Hungria, e selecionado para os festivais de Londres, Toronto e Jerusalém.

O prémio do Festival de Cinema Europeu de Sevilha para o melhor realizador foi para o francês Mathieu Amairic por 'Barbara', enquanto o grande prémio do júri foi para "Western", da alemã Valeska Grisebach.

Zama, de Lucrecia Martel, uma co-produção luso-argentina, recebeu uma menção especial do júri e Thierry de Peretti recebeu o prémio de melhor argumento com 'A Violent life'.

Selene Caramazza, por 'Corazón Puro', e Pio Amato, por 'A Ciambra', ganharam os galardões de melhor atriz e ator, respetivamente.

Sete produções ou coproduções portuguesas estiveram em competição neste festival, que tem por objetivo promover o cinema de produção europeia.

Foram ainda homenageados António Reis e Margarida Cordeiro, "duas lendas do cinema português", com a retrospetiva 'Lejos de las Leyes', que decorreu ao longo de todo o certame, e encerrou com a projeção de "Mudar de Vida", de Paulo Rocha (filme escrito em parceria com António Reis).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ