ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Museu dos Coches evoca partida da familia real para o Brasil em 80 obras
Revista PORT.COM • 25-Nov-2017
Museu dos Coches evoca partida da familia real para o Brasil em 80 obras



Uma exposição com 80 obras de vários museus vai evocar, a partir de quarta-feira, no Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, a partida da família real portuguesa para o Brasil, marcando o período da transferência da capital portuguesa.

De acordo com o Museu dos Coches, a exposição, que é inaugurada no dia 29 de novembro e abre ao público no dia seguinte, pretende seguir a viagem que transferiu pela primeira vez a capital de um Estado europeu para fora dos limites continentais.

"Partida da Família Real para o Brasil - 1807" é o título desta exposição cujo ponto de partida é a pintura de Nicolau Delerive - que faz parte do acervo do Museu Nacional dos Coches - representando o embarque em Belém a 29 de novembro de 1807, da família real portuguesa para o Brasil.

Será também recordada a estadia da Corte Real no Rio de Janeiro entre 1808 e 1821, o contraste entre culturas e o desenvolvimento económico e político desta ex-colónia que, a partir de 1815, foi elevada a Reino Unido ao de Portugal e dos Algarves, tornando-se depois independente.

A exposição conta com cerca de 80 obras provenientes de várias instituições da cultura, nomeadamente do Museu da Marinha, do Museu Nacional de Etnologia, dos Palácios Nacionais de Queluz e da Ajuda, do Museu de Lisboa, do Museu Frei Manuel do Cenáculo de Évora, do Museu Francisco Tavares Proença Júnior, e da Biblioteca Nacional de Portugal.

Participam também com peças cedidas a Sociedade de Geografia de Lisboa, o Museu de História Natural e da Ciência, o Arquivo Histórico-Ultramarino, Biblioteca da Ajuda, e o próprio Museu Nacional dos Coches.

Na antecâmara da sala de exposições temporárias são ainda apresentados trabalhos fotográficos de grande formato, do artista brasileiro Rafael d'Alò, que introduzem o público no ambiente tropical.

Organizada por este museu e comissariada por Silvana Bessone, diretora da entidade, e Carlos Bártolo, com investigação científica de Maria Adelina Amorim, a exposição conta com o apoio mecenático do Millennium BCP e da Companhia de Seguros Lusitânia.

A exposição, com o Alto Patrocínio do Presidente da República, estará patente no Museu Nacional dos Coches até 03 de junho de 2018.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Observatório dos Lusodescendentes
Daniel Bastos
Historiador
La Lys: Celebrações com sentido reparador
Paulo Pisco
Deputado do PS
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
A Oriente nada de novo?
José Caria
PORTUGAL
“Acreditem no potencial que existe nas comunidades”
Isabelle Coelho-Marques
PORTUGAL
“Não foi por acaso que Portugal foi o melhor destino do mundo em 2017”
Pedro Machado
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ