ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Bienal da Máscara de Bragança convida vizinhos espanhóis de León
Revista PORT.COM • 28-Nov-2017
Bienal da Máscara de Bragança convida vizinhos espanhóis de León



A oitava edição da Mascararte, a bienal da máscara de Bragança, promove entre quinta-feira e domingo um dos principais símbolos da cultura da região, tendo como convidados os vizinhos espanhóis de León.

Em todas as edições, a Mascararte tem um convidado que partilha a tradição das máscaras e mascarados e este ano nos eventos previstos participa a região de León "por uma questão de proximidade e de valorização inclusivamente do processo de geminação" que existe com Bragança, como salientou o presidente da Câmara, Hernâni Dias.

A novidade desta edição é a construção de uma máscara humana, na Praça Cavaleiros Ferreira, no sábado, em que algumas centenas de pessoas vão erguer placas que, no conjunto, formam a imagem deste símbolo, geralmente representação de rostos diabólicos.

Desta forma, o município, que promove a bienal em conjunto com outras instituições de Bragança, pretende "contribuir para que mais gente passe a gostar do evento e envolver a comunidade local".

Sob a temática "Entrudos e Mascaradas Leoneses", a bienal tem também como pontos altos, o desfile de mascarados pelas ruas do centro histórico da cidade, que culmina com a "queima do mascareto", que este ano se realiza no Castelo de Bragança.

O programa é ainda preenchido com exposições, oficinas criativas e de leitura, momentos musicais e de dança e lançamento de livros sobre a tradição das máscaras e dos mascarados que têm as principais manifestações por altura do Natal, com as Festas dos Rapazes, e do Carnaval.

O autarca de Bragança considera que "o contributo que a bienal tem dado é muito positivo para a preservação da identidade e cultura tradicionais".

"Cada vez mais temos solicitações de outros pontos, não só do país mas também do estrangeiro para colaborar connosco neste evento", indicou.

A bienal funciona também como um chamativo para as festas de Entrudo que voltam a levar às ruas os mascarados e rituais associados a esta tradição.

O município de Bragança está também apostado em valorizar estas tradições com "um programa de incentivo à construção de fatos junto dos agrupamentos escolares e algum movimento associativo local no sentido de estimular".

Em todas as edições, centenas de alunos e professores confecionam as mascaras, trajes e bonecos alusivos, além de participarem nas diferentes iniciativas, como o desfile de mascarados.

Esta edição da Mascararte conta com a participação de grupos de gaiteiros e de "dulcineiros", de Caretos do Nordeste Transmontano e de nove grupos de mascarados de León.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ