ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Orquestra da Universidade de Coimbra estreia-se no fim de semana
Revista PORT.COM • 23-Set-2016
Orquestra da Universidade de Coimbra estreia-se no fim de semana



A orquestra, composta maioritariamente por alunos e ex-alunos da instituição, tem a sua primeira atuação no domingo, com um repertório completamente português.

A Orquestra Académica da Universidade de Coimbra (OAUC), que junta 68 músicos, está em estágio desde 18 de setembro, em horário pós-laboral, preparando numa semana “intensa e desgastante” o concerto de domingo, no Teatro Académico de Gil Vicente, onde serão tocadas obras dos compositores portugueses Joly Braga Santos, Frederico de Freitas e Sérgio Azevedo.

O objetivo desta nova formação seria juntar nos diferentes naipes da orquestra alunos, ex-alunos, docentes e funcionários da instituição, mas até agora a maioria dos que compõem o conjunto são estudantes, notou Daniel Chichorro, da OAUC.

No entanto, a criação da orquestra já permitiu constatar que “há por aí muitos músicos desconhecidos e isso é uma vitória deste projeto”, sublinhou, referindo que a qualidade dos instrumentistas que apareceram, após a abertura das inscrições, superou as expectativas da organização.

Para Daniel Chichorro, o concerto de domingo é o concretizar de um projeto da Tuna Académica da Universidade de Coimbra (TAUC), que chegou a ser tido “por muitos como impensável ou utópico”.

A OAUC foi criada em junho, numa parceria entre a Universidade de Coimbra e a TAUC, contando com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian e do Instituto Português do Desporto e Juventude.

Cerca de 70% dos músicos que compõem os diversos naipes da orquestra são atuais estudantes da Universidade, sendo que os restantes são do Politécnico de Coimbra, do Conservatório e alguns são ex-alunos, disse à agência Lusa o presidente da TAUC, Ricardo Peres.

Antonieta Dias, de 68 anos, médica no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), é a instrumentista mais velha da formação, tendo ingressado na orquestra depois de ter participado na TAUC quando era estudante.

“Não é a idade que importa. É o espírito e o ambiente que se vive aqui que conta”, afirmou.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ