ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Revista PORT.COM • 17-Jan-2018
Coleções de arte em Portugal e Brasil premiadas pela Fundação ARCO de Madrid



Entre elas está a Coleção Armando Martins, com cerca de 400 obras de artistas portugueses e estrangeiros, iniciada na juventude do colecionador, sobretudo com serigrafias.

As coleções de arte de Armando Martins, em Portugal, e de Luís Paulo Montenegro, no Brasil, estão entre as seis distinguidas nos Prémios “A”, na área do colecionismo, pela Fundação ARCO de Madrid, em Espanha.

Nesta 22.ª edição dos prémios, promovida pela IFEMA (Feria de Madrid), organizadora das feiras internacionais de arte contemporânea ARCO nas capitais espanhola e portuguesa, foram galardoadas seis coleções.

Os prémios foram atribuídos pelo valor artístico das coleções, e os proprietários privados ou instituições foram distinguidos pelo apoio à divulgação da arte contemporânea.

Entre elas está a Coleção Armando Martins, com cerca de 400 obras de artistas portugueses e estrangeiros, iniciada na juventude do colecionador, sobretudo com serigrafias.

A Fundação ARCO salienta ainda o seu mais recente projeto na sequência da aquisição da Quinta do Correio-Mor, em Loures, com 140 hectares, para várias atividades culturais.

Outra coleção premiada é a do brasileiro Luís Paulo Montenegro, vice-presidente da Kantar Ibope Media, ex-Ibope (Instituto da Opinião Pública e Estatística), com uma coleção inicialmente dedicada à arte brasileira do pós-guerra, mas que depressa se alargou a outros universos da expressão contemporânea.

O colecionador possui obras de criadores como Cândido Portinari, Alexander Calder, Lygia Clark, Willem de Kooning, Wifredo Lam, Hélio Oiticica, Lygia Pape, Alfredo Volpio, e Andy Warhol.

Luís Paulo Montenegro é atualmente subdiretor de Arte e Programas Culturais em Minas Gerais, e a sua coleção é apresentada em museus.

Os outros premiados foram a Coleção Alicia Koplowitz – Grupo Omega Capital, em Madrid, pelas exposições realizadas na capital espanhola e em Paris, em 2017, a Coleção Per Amor a l’Art, pela inauguração do espaço Bombas Gens, em Valência, e a Coleção Ella Fontanals Cisneros, pelo apoio dado a artistas latino-americanos.

Foi igualmente distinguida a Coleção de Arte Latino Americana do Museum of Fine Arts em Houston, nos Estados Unidos, que, desde 2001, data da inauguração, adquiriu mais de 700 obras de arte moderna e contemporânea latino-americana.

A cerimónia de entrega dos prémios da Fundação ARCO terá lugar a 20 de fevereiro, no Teatro Real de Madrid.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Na Ponta da Língua - Histórias, Memórias e Inovação na Emigração
Daniel Bastos
Historiador
Emigrantes lesados do BES no debate parlamentar
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelas Comunidades
O carnaval mais português de Portugal
Carlos Bernardes
Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras
DISCURSO DIRETO
Descendentes de judeus sefarditas portugueses
Isabel Vellozo Ferreira
FRANÇA
Uma viagem pela cultura e história de uma vida em três continentes
Ricardo Ferreira
BRASIL
A portuguesa que lidera a construção civil na Austrália
Graciete Ferreira
AUSTRÁLIA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ