ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Sabe por que razão existe o Dia do Trabalhador? E por que é feriado?
Revista PORT.COM • 01-Mai-2018
Sabe por que razão existe o Dia do Trabalhador? E por que é feriado?



O Dia do Trabalhador surgiu para homenagear a luta de trabalhadores por melhores condições de trabalho. Damos-lhe a conhecer alguns factos que geram curiosidade.

A data qem que é celebrado o Dia do Trabalhador (ou Dia do Trabalho) remonta ao ano de 1886, numa época em que os trabalhadores chegavam a trabalhar entre 12 a 18 horas por dia.

Foi com o objetivo de lutar pelas oito horas de trabalho diárias que, no dia 1 de maio de 1886, milhares de trabalhadores saíram às ruas de Chicago, nos Estados Unidos da América, numa manifestação pacífica, exigindo a redução da carga horária e melhores condições de trabalho.

Os danos provocados pela manifestação originaram a expressão “Os Mártires de Chicago” que ainda hoje é utilizada para descrever a luta dos trabalhadores pelos seus direitos.

Só em 1889 o Congresso Operário Internacional, em Paris, decidiu que o primeiro dia de maio passaria a ser o Dia do Trabalhador em homenagem aos “Mártires de Chicago”, e só em 1890, os trabalhadores americanos conseguiram alcançar a sua meta das 8 horas de trabalho diárias. Nos Estados Unidos, o Dia do Trabalhador celebra-se na primeira segunda feira de setembro.

 

Dia do Trabalhador em Portugal 

Em Portugal, durante o Estado Novo, as manifestações no Dia do Trabalho (e não do Trabalhador) eram organizadas e controladas pelo Estado.  Só a partir de 1974 (o ano da Revolução dos Cravos) é que se passou a comemorar publicamente o 1º de Maio.

O primeiro 1º de Maio celebrado em Portugal foi a maior manifestação alguma vez organizada no país, depois do 25 de Abril. Só na cidade de Lisboa juntaram-se mais de meio milhão de pessoas. Para muitos, foi a forma dos portugueses demonstrarem a sua adesão ao 25 de Abril, que uma semana antes restituía ao país a democracia.

No entanto, só a partir de maio de 1996 é que os trabalhadores portugueses passaram a trabalhar oito horas por dia. 

 

Curiosidades do dia 1 de maio:

  • O 1 de maio nasceu num protesto em Chicago. Os trabalhadores revoltados com o seu horário que chegava a 18 horas diárias exigiam: "Oito horas de trabalho, oito horas de lazer e oito horas de repouso".
  • Além da diminuição da carga horária, os trabalhadores também exigiam descanso semanal remunerado e um período anual de férias, direitos trabalhistas que ainda não existiam na época.
  • Os organizadores das manifestações foram denominados Mártires de Chicago. No monumento erguido a eles, estava o seguinte epíteto: “Um dia nosso silêncio será mais forte que as vozes que hoje vocês estrangulam”.
  • Mesmo sendo um feriado nacional no Brasil, a Bahia ficou 55 anos sem comemorar a data porque os governantes acreditavam que era uma contradição não trabalhar no dia do Trabalho.
  • Em 1940, o presidente brasileiro Getúlio Vargas utilizou o 1.° de maio para anunciar o novo salário mínimo. Em 1941, a data foi usada para marcar a criação da Justiça do Trabalho, que visava resolver os conflitos existentes entre os trabalhadores e seus patrões.

  

Factos que marcaram o dia 1 de maio ao longo dos anos:

  • 1500: Pedro Álvares Cabral tomou posse da Ilha de Vera Cruz (atual Brasil), em nome do Rei de Portugal;
  • 1707: passou a vigorar o Tratado de União, que transformou os reinos da Inglaterra e da Escócia em Reino Unido;
  • 1786: a ópera ‘As Bodas de Fígaro’, de Mozart, estreou em Viena, Áustria;
  • 1834: foi abolida a escravatura nas colónias inglesas;
  • 1872: dia de nascimento do quarto Presidente da República Portuguesa, Sidónio Pais;
  • 1960: iniciou-se uma crise diplomática entre antiga União Soviética e os EUA, com o abate do U2, um avião espião norte-americano, pilotado por Francis Gary Powers;
  • 1994: o automobilismo sofre uma grande perda com a morte do brasileiro Ayrton Senna, no Grande Prémio de San Marino;.
  • 2004: a União Europeia cresceu, com a entrada de mais 10 países: República Checa, Hungria, Chipre, Eslováquia, Polónia, Eslovénia, Estónia, Letónia, Lituânia e Malta.
  • 2011: beatificação do Papa João Paulo II, exatamente no mesmo dia em que Barack Obama disse “We got him”, referindo-se à captura e morte do terrorista Osama Bin Laden, numa operação norte-americana realizada no Paquistão.

Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ