ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Filme português sobre os Açores premiado no festival de Hamburgo
Revista PORT.COM • 13-Jun-2018
Filme português sobre os Açores premiado no festival de Hamburgo



A curta-metragem 'Flores', de Jorge Jácome, venceu os prémios do público e da competição internacional do Festival de Curtas Metragens de Hamburgo, na Alemanha.

Para o júri da competição internacional - a principal categoria do KurzFilmFestival Hamburg (IKFF) -, o filme de Jorge Jácome, que ficciona um cenário de crise natural nos Açores, mostra a «dupla face da beleza, como simultaneamente aurática e feroz».

O júri destacou «a estrutura não linear da curta-metragem, que traz reflexões sobre o deslocamento, a separação e as diversas camadas da amizade como algo a que nos devemos apegar».

A diretora artística do festival LOOP de Barcelona, Carolina Ciuti, o director do Minimalen Short Film Festival de Trondheim, na Noruega, Per Fikse, e a realizadora sérvia Jelena Maksimovic, constituíram o júri do Festival de Curtas Metragens de Hamburgo.

O prémio do público resultou da votação feita pelos espetadores, dos filmes selecionados para competição alemã e internacional.

'Flores' parte de uma praga de hortênsias, que obriga a população a abandonar as ilhas, abrindo caminho a «uma reflexão nostálgica e política sobre território e identidade», como se lê no comunicado da Portugal Film - Agência Internacional de Cinema Português, que representou esta produção da Blackmaria, em Hamburgo.

Além de 'Flores', estiveram também na competição internacional, do festival de Hamburgo, 'Farpões baldios', de Marta Mateus, 'Russa', de João Salaviza e Ricardo Alves Jr., 'Tudo o que imagino', de Leonor Noivo, e 'Miragem meus putos', de Diogo Baldaia.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o cineasta Jorge Jácome.

«Estreada no IndieLisboa de 2017, onde já tinha sido premiada, a curta de Jorge Jácome recebeu desde então distinções noutros festivais europeus e americanos. Além de ser um filme sobre um tema cada vez mais urgente, o território e a identidade, “Flores” é mais um exemplo do continuado reconhecimento internacional do cinema português, num Festival onde aliás estiveram presentes outros cineastas nacionais.»


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O acervo bibliográfico sobre a emigração portuguesa
Daniel Bastos
Historiador
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ