ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Em noite de Santo António, quem marchou melhor foi... Alfama
Revista PORT.COM • 13-Jun-2018
Em noite de Santo António, quem marchou melhor foi... Alfama



Pela terceira vez consecutiva, o bairro de Alfama vence o desfile das Marchas Populares.

A marcha de Alfama venceu novamente as Marchas Populares de Lisboa, anunciou a Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural (EGEAC), responsável pela organização da iniciativa.

Tal como no ano passado, o segundo lugar foi atribuído à marcha do Bairro Alto e o terceiro à marcha da Madragoa. Este ano, as Marchas Populares de Lisboa celebravam os 120 anos do nascimento do ator lisboeta Vasco Santana (1898-1958).

Segundo a EGEAC, as marchas foram avaliadas com uma pontuação de 0 a 20 e em dois momentos. Primeiro, na Altice Arena, nos dias 01, 02 e 03 de junho, e na Avenida da Liberdade, na passada noite de Santo António.

As categorias avaliadas foram as de Melhor Coreografia, Cenografia, Figurino, Letra, Musicalidade, Composição Original e Desfile da Avenida.

A marcha de Alfama destacou-se "sozinha" em várias categorias, como coreografia, musicalidade e melhor composição original, com a canção de Alfama, indicou a EGEAC.

A marcha vencedora deste ano, que repete o feito pela terceira vez consecutiva, partilhou a vitória nas categorias de melhor figurino com o Bairro Alto e Carnide, e a de melhor letra com Madragoa.

Alcântara venceu na categoria de cenografia e as marchas do Bairro Alto e da Madragoa venceram na categoria de desfile da avenida, anunciou a EGEAC.

A 86.ª edição das Marchas Populares de Lisboa contou com a participação de 23 marchas: São Vicente, Alfama, Olivais, Marvila, Ajuda, Lumiar, São Domingos de Benfica, Alcântara, Benfica, Belém, Boavista, Madragoa, Mouraria, Bica, Graça, Bela-Flor Campolide, Carnide, Castelo, Penha de França, Campo de Ourique, Alto do Pina, Bairro Alto e Santa Engrácia. 

Este ano, a iniciativa contou com a marcha convidada de Vila da Lousã.


Etiquetas

Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ