ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Feira de Artesanato e Gastronomia de Celorico de Basto esgota alojamento
Revista PORT.COM • 10-Ago-2018
Feira de Artesanato e Gastronomia de Celorico de Basto esgota alojamento



A 21.ª edição da Feira de Artesanato, Gastronomia e Mostra de Vinhos, que começa hoje (10 de agosto) em Celorico de Basto, já esgotou o alojamento do concelho, aguardando-se, segundo a autarquia, muitos milhares de visitantes.

«O alojamento está lotado e os restaurantes não têm mãos a medir com tanta procura. Sentimos uma maior dinâmica económica durante os meses de verão, mas durante a feira é extraordinário», comentou o presidente da câmara, Joaquim Mota e Silva, em declarações à agência Lusa.

Como em edições anteriores, a procura dos expositores também esgotou a área disponível para o certame, anunciando-se a presença de 150 espaços de venda de produtos.

«Esta feira, felizmente, já não tem muito por onde crescer, seja na qualidade dos produtos expostos, seja na quantidade de expositores seja no número de visitantes», constatou.

Joaquim Mota e Silva insistiu na importância que o certame tem conquistado, ano após ano, para a economia do concelho, em especial para os setores tradicionais.

«Estamos satisfeitos com os resultados das edições anteriores e estou certo que, neste ano, teremos ainda uma maior afluência», previu.

A feira vai decorrer até 15 de agosto, no espaço contíguo à estação de camionagem, significando, há mais de duas décadas, um ponto de encontro das gentes da região de Basto.

Os visitantes poderão encontrar dezenas de espaços de exposição de vários tipos de artesanato, destacando-se as tradições de Celorico de Basto e demais municípios de Basto.

A prova e venda de vinho verde é outra faceta do certame, que atrai muitos visitantes, com a participação de alguns dos melhores produtores do concelho.

«Este ano foram apertadas as regras para garantir que só estarão presentes os melhores produtores e engarrafadores, uma forma de valorização dos produtos endógenos», segundo o autarca.

A zona da alimentação, com a participação de alguns dos principais restaurantes da região, atraí todos os anos dezenas de milhares de pessoas que apreciam a gastronomia e doçaria regional.

No recinto haverá também um palco para a realização de vários espetáculos, predominando os agrupamentos de música tradicional minhota.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Emigração traz riqueza
Jack Soifer
Jack Soifer, Consultor internacional
Mudanças na legislação eleitoral, conquista ou oportunidade perdida?
José Cesário
Deputado
O Festival Kunchi e os laços ancestrais entre Portugal e o Japão
Daniel Bastos
Historiador
DISCURSO DIRETO
Macau, ponto focal do comércio Portugal-China
Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio
PORTUGAL
Importância estratégica de Macau
José Caria, Diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Adega Mayor representa uma aposta de crescimento»
Rita Nabeiro, Diretora da Adega Mayor
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ