ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Peregrinação do Migrante leva milhares de pessoas a Fátima
Revista PORT.COM • 13-Ago-2018
Peregrinação do Migrante leva milhares de pessoas a Fátima



Agosto em Fátima é mês de emigrantes. Já começou a peregrinação internacional dedicada pelo Santuário às migrações e a diáspora portuguesa marca presença.

A Peregrinação Internacional Aniversaria de 12 e 13 de agosto ao Santuário de Fátima é presidida pelo cardeal D. Arlindo Gomes Furtado, bispo de Santiago, Cabo Verde.

Insere-se nesta celebração, que assinala a 4.ª Aparição de Nossa Senhora aos Pastorinhos, a Peregrinação do Migrante e do Refugiado, que marcou (no dia 12) o arranque da 46.ª Semana Nacional das Migrações com tema ‘Cada forasteiro é ocasião de encontro, Migrantes e Refugiados no caminho para Cristo’. Esta é uma ocasião em que, anualmente, se juntam na Cova da Iria milhares de migrantes de várias partes do mundo, muitos deles vindos das diversas comunidades portuguesas nos cinco continentes.

A saudação a Nossa Senhora, na Capelinha das Aparições marcou o início da Peregrinação, ao qual se seguiu a recitação do Rosário, a procissão das velas e a Missa da Vigília.

O dia 13 começa com a recitação do Rosário, na Capelinha das Aparições, às 9H00. Às 10H00, realiza-se a Missa, que terá transmissão televisiva, em direto, na RTP1.

A Missa da Peregrinação Internacional Aniversária terá a tradicional oferta do trigo, pelos peregrinos, no momento da apresentação dos dons. Este gesto característico realiza-se desde 13 de agosto de 1940, quando um grupo de jovens da Juventude Agrária Católica, de 17 paróquias da Diocese de Leiria, ofereceu 30 alqueires de trigo, destinados ao fabrico de hóstias para consumo neste Santuário. Desde então, os peregrinos, já não só de Leiria, mas também de outras dioceses do país, e até do estrangeiro, têm vindo a dar continuidade, ano após ano, a este ofertório, que se realizará pela 78.ª vez.

Inscritos nos serviços do Santuário de Fátima estão, até ao momento, cerca de 1.200 peregrinos, organizados em 16 grupos, provenientes de Portugal, Espanha, Itália, França, Polónia, Alemanha, Irlanda, Bélgica, Áustria, Iraque e Guiné-Conacri.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ