ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Pós-colonialismo português é estudado na Alemanha
Revista PORT.COM • 20-Nov-2018
Pós-colonialismo português é estudado na Alemanha



O pós-colonialismo português, um tema pouco abordado nas instituições de ensino alemãs, faz parte do mestrado de 'Global History' (História Global), levado a cabo pela Universidade Livre de Berlim.

Christoph Kalter, investigador e professor convidado na Universidade Livre de Berlim admitiu que os alemães em geral sabem «muito pouco da história de Portugal».

«O período dos descobrimentos talvez seja o mais conhecido. Mas a história mais recente do século XX, do Estado Novo, do 25 de Abril e pós-colonialismo estão muito pouco presentes», assumiu o professor, acrescentando ainda assim que o interesse está a crescer.

Kalter disse acreditar que nos últimos dez a 15 anos houve «um interesse novo e crescente na Alemanha pela sua própria história do colonialismo». Mas também pelo tema de uma forma mais geral, realçou o investigador, «como o colonialismo continua a influenciar a sociedade, na maneira como se lida com a migração, o papel do racismo na Alemanha».

«Estes temas talvez sejam comuns com os que têm surgido no espaço público português. Por isso acredito que há um interesse maior em estudar a história de Portugal aqui na Alemanha», disse o professor, apontando também o turismo como motivo.

Christoph Kalter está atualmente a desenvolver o trabalho de investigação com o nome "Postcolonial People? 'Retornados', Migration, and Decolonization in Portugal" (Gente pós-colonial? Retornados, Migração e descolonização em Portugal, em tradução do autor).

Na Universidade Livre de Berlim leciona história portuguesa no contexto do programa de mestrado em História Global. Todas as aulas são dadas em inglês.

«Isso facilita uma abordagem da história portuguesa em vários níveis. Mais de metade dos alunos vem de outros países, há uma diversidade de origens e de backgrounds académicos muito importante. Muitos vêm de terras que foram marcadas pelo domínio imperial», explicou Christoph Kalter.

O professor universitário tem tentado que o tema ganhe mais protagonismo na Universidade Livre de Berlim.

«No semestre passado, por exemplo, organizei uma viagem de estudo a Lisboa. Éramos um grupo de 14 alunos de dez nacionalidades diferentes. O tema era ‘Post-imperial Capital -- Lisbon and the Portuguese Empire' (Capital pós-imperial, Lisboa e o colonialismo português). Foi fantástico», rematou Christoph Kalter, contando que do programa fizeram parte 'workshops' com académicos e ativistas portugueses e várias visitas guiadas.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ