ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Vinhais inaugura exposição de memórias da emigração clandestina portuguesa
Revista PORT.COM • 30-Nov-2018
Vinhais inaugura exposição de memórias da emigração clandestina portuguesa



Centro Cultural de Vinhais recebe a exposição ‘Memórias do Salto – Emigração Clandestina no Estado Novo em Trás-os-Montes’.

A Câmara Municipal de Vinhais inaugura hoje, 30 de novembro, a exposição “Memórias do Salto – Emigração Clandestina no Estado Novo em Trás-os-Montes”, no Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhais.

A exposição é o resultado de um projeto de «mediação patrimonial que visa valorizar, salvaguardar, registar e divulgar as memórias dos portugueses oriundos do nordeste transmontano, que emigraram de forma ilegal para França entre 1954 e 1974».

Reúne as memórias de emigrantes (de vários locais do distrito de Bragança, incluindo Vinhais), passadores, guardas-fiscais, elementos da PIDE, entre outros.

A abertura vai contar com a presença do executivo municipal de Vinhais, testemunhos de emigrantes do concelho e representantes da organização da exposição.

“Memórias do Salto” foi desenvolvido pela Associação dos Amigos do Museu do Abade de Baçal em parceria com o Museu do Abade de Baçal e a Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

A exposição estará patente ao público até 27 de janeiro de 2019.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ