ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugal vai receber Jornadas Mundiais da Juventude de 2022
Revista PORT.COM • 27-Jan-2019
Portugal vai receber Jornadas Mundiais da Juventude de 2022



As Jornadas Mundiais da Juventude 2022 vão realizar-se em Portugal. É «uma vitória da língua portuguesa e da lusofonia», disse Marcelo Rebelo de Sousa.

O anúncio oficial foi feito pelo Papa Francisco, no fim do encontro mundial de jovens deste ano, na Cidade do Panamá. D . Manuel Clemente, Cardeal Patriarca de Lisboa, recebeu a Cruz das Jornadas, símbolo da passagem de testemunho.

Na celebração que marcou o encerramento do evento, com milhares de jovens de todo o mundo, incluindo 300 portugueses, estiveram, além de Manuel Clemente, o presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, em representação do Governo, e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, além de embaixadores, seis bispos e sacerdotes.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou no dia 25 de janeiro à Cidade do Panamá, onde ainda fez uma curta incursão a um dos recintos da JMJ.

Aos jornalistas, o chefe de Estado disse que esta é a sua primeira presença numas JMJ, depois de ter previsto ir a Madrid (Espanha, em 2011) e Cracóvia (Polónia, em 2016).

«Aqui foi possível e estou, verdadeiramente, muito entusiasmado, primeiro porque há muitos peregrinos portugueses, segundo porque há uma presença muto grande de episcopado português, terceiro porque há a presença - que sei que é muito significativa aqui para o Panamá - da imagem (peregrina) de Nossa Senhora de Fátima», afirmou.

A organização da Jornadas Mundiais da Juventude 2019 contabilizou, no arranque da iniciativa, mais de 100 mil peregrinos de cerca de 150 países, incluindo a participação de 300 portugueses de 12 dioceses e seis congregações e movimentos.

Veja o anúncio oficial no vídeo abaixo, a partir do minuto '30.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ