ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lousã tem o primeiro museu circense português
Revista PORT.COM • 04-Mar-2019
Lousã tem o primeiro museu circense português



O Museu do Circo Momo já abriu ao público na Lousã, como mais uma etapa de um percurso de 30 anos da companhia Marimbondo em busca da alegria negada pelos 'homens cinzentos'.

O Momo, que ocupa a antiga Escola Primária de Foz de Arouce, nos arredores da vila da Lousã, é inspirado na protagonista do livro infantil “Momo e o senhor do tempo”, da autoria do alemão Michael Ende, da Companhia Marimbondo.

Palhaço, músico, ator e malabarista, partilha com Eva Cabral, há vários anos, as tarefas que importa assegurar para garantir a continuidade da companhia, instalada há quase três décadas na aldeia de Vale de Sancho.

«Lutámos também nestes anos contra os homens cinzentos que andam por aí a envenenar a nossa vida», acalentando sempre o sonho de erguer o Museu do Circo em louvor de Momo, também figura da mitologia grega que personifica a sátira e o sarcasmo e que, na atualidade, é coroado como rei do Carnaval em diversos países, designadamente Portugal e Brasil.

Em vez de dias cinzentos e pessoas tristonhas, o grupo quer levar «cor, brincadeira e alegria» à antiga escola de Foz de Arouce, cedida pela Câmara da Lousã ao abrigo de um protocolo que vigorará durante seis anos, com possibilidade de ser renovado.

«Queremos dignificar um pouco também e dar mais conhecimento do mundo do circo, um património da Humanidade, infelizmente ainda hoje marginalizado», lamenta.

No Momo há peças que chegaram um pouco de todo o mundo, espaços no interior e exterior para espetáculos, um especial destaque para o circo português e lembranças de um circo dividido em dois, como se de um lado estivesse o palhaço rico e o do outro o palhaço pobre.

O primeiro Museu do circo em Portugal faz, ainda, homenagem ao país que o acolhe, por exemplo com fatos da família Cardinali, e que estão numa exposição temporária.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ