ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lisboa: Capital Verde Europeia 2020
Revista PORT.COM • 07-Abr-2019
Lisboa: Capital Verde Europeia 2020



Museu de História Natural vai mostrar a paisagem de todo o país, entre parques naturais e reservas, numa exposição que pode durar 10 anos.

Criada para ocupar durante pelo menos uma década o Museu Nacional de História Natural e da Ciência, a exposição “Lisboa: Capital Verde Europeia 2020” convida os visitantes a conhecer os parques naturais, reservas e paisagens de Portugal. Foi concebida como uma «experiência imersiva, diversificada e inovadora» e fruto de um protocolo entre o Fundo Ambiental, a Câmara Municipal de Lisboa e a Universidade de Lisboa.

José Sá Fernandes, vereador do Ambiente e Estrutura Verde, clarificou à agência Lusa que «a encomenda é: quem entrar nesta exposição, vai apetecer-lhe visitar estes sítios» e afirmou estar previsto o envolvimento da comunidade escolar, de modo a que todos os estabelecimentos de ensino visitem a exposição. Haverá também um prémio municipal para as escolas: uma viagem de turma a um parque natural ou área protegida.

João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Transição Energética, declarou que «no último ano, os parques e as áreas protegidas tiveram quase meio milhão de visitantes, o que significou um acréscimo de visitantes de 15% relativamente ao ano anterior, e já ano anterior o número tinha sido superior».

Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa, assegurou que a Capital Verde Europeia será um «exercício de mobilização coletiva» contra as alterações climáticas.

A Comissão Europeia é responsável pela distinção de Capital Verde Europeia, atribuída pela primeira vez a uma cidade do sul da Europa. A exposição deverá ocupar 1200 metros quadrados e terá um custo entre os 900 mil euros e 1,3 milhões de euros, suportado com 700 mil euros do Fundo Ambiental.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ