ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Van Gogh como nunca o viu: história do homem por trás do artista pela primeira vez em Portugal
Revista PORT.COM • 25-Set-2019
Van Gogh como nunca o viu: história do homem por trás do artista pela primeira vez em Portugal



Depois de Pequim, Barcelona e Seul, Lisboa vai receber, pela primeira vez, em 2020, a Meet Vincent Van Gogh, uma viagem única e multissensorial através da história de um dos mais famosos pintores de sempre. Experiência oficial desta exposição foi criada pelo Museu Van Gogh.

Vincent van Gogh morreu há quase 130 anos, mas a sua obra perdura e a sua vida fascina milhares de pessoas, inspirando artistas contemporâneos em diversas áreas artísticas. 

Meet Vincent van Gogh é um conceito inovador de “edutainment”, desenvolvido com a missão preservar e difundir a obra do pintor, levando-a além-fronteiras, a diferentes lugares e públicos. 

Numa parceria entre o Museu Van Gogh e a UAU (empresa de entretenimento especializada na concepção, produção e agenciamento de espectáculos e produção de eventos), a partir de 28 de Fevereiro de 2020, diariamente, em Belém, no Terreiro das Missas, a história do homem por trás do artista e sua obra está disponível aos visitantes. 

“Mais que uma exposição premiada, é uma viagem imersiva pela vida de Van Gogh, seus sentimentos, angústias, amores, pensamentos, em que interagir e tocar é uma obrigação de cada visitante. Please, do Touch!”, refere a organização.  

Experimentar, descobrir e fazer 

Ao longo do percurso, que recria os principais locais da vida do pintor, como o café Le Tambourin, em Paris, o hospital de Saint-Rémy onde esteve internado, a Casa Amarela em Arles ou o seu famoso quarto, diversas projecções, filmes e fotografias acompanham o visitante na sua imersão na vida de Van Gogh. 

Permitindo a cada visitante aprofundar o seu conhecimento, existem diversos pontos interactivos que desafiam o visitante a testar as suas capacidades artísticas aplicando as técnicas desenvolvidas pelo pintor. 

Tecnologicamente inovadora, Meet Vincent van Gogh tem também diversos postos multimédia onde é possível recriar o estilo das pinceladas de Van Gogh, “restaurar” os seus quadros, estudar a ciência por trás das obras de arte, tornando-se quase um curador do museu, ou descobrir a influência que a obra deste artista tem ainda na actualidade. 

Para toda a família, Meet Vincent van Gogh disponibiliza a cada visitante áudio-guias gratuitos, em versão infantil e versão adulta, através dos quais o artista, seus amigos e família revelam excertos da sua vida, retirados da vasta correspondência que Vincent manteve ao longo da vida com os que lhe eram queridos. 

Para os mais pequenos, há ainda uma Caça ao Tesouro, um emocionante desafio à sua atenção e capacidade de apreensão de detalhes da vida e obra de Van Gogh. 

Pela primeira vez em Portugal

Adriaan Dönszelmann, director geral do Museu Van Gogh, diz que esta é a oportunidade de continuar a “assegurar a missão do museu” de tornar a vida e obra de Vincent van Gogh acessível a milhões de pessoas de todo o mundo.

“Meet Vincent van Gogh, já galardoada com o prestigiado Thea para a área do entertenimento, contribui para a nossa missão de dar a conhecer a vida e obra de Van Gogh. Este conceito permite ao Museu Van Gogh disponibilizar este conteúdo em diversos locais, simultaneamente. Vincent van Gogh é extremamente apreciado na Europa do Sul pelo que estamos muito felizes com esta visita a Lisboa, que nos permite apresentar algo único aos seus habitantes e visitantes”, refere. 

Por seu lado, Paulo Dias, director geral da UAU, adianta que “é com enorme orgulho” que a empresa se junta ao Museu Van Gogh. 

“O sucesso do trabalho desenvolvido nos últimos 30 anos, sempre com a missão de Produzir Emoções, garantiu-nos a confiança desta prestigiada instituição nesta parceria de trazer a Lisboa Vincent van Gogh. Mais que a obra, Meet Vincent van Gogh permite aos visitantes descobrir o homem, apelando aos sentidos e transportando-nos para a vida deste génio da pintura do século XIX. Com Meet Vincent van Gogh continuamos a Produzir Emoções!”.

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ