ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Gabinete Português de Leitura da Baía organiza mais dois eventos na promoção e defesa da Língua Portuguesa
Revista PORT.COM • 02-Out-2019
Gabinete Português de Leitura da Baía organiza mais dois eventos na promoção e defesa da Língua Portuguesa



Referência incontornável, seja através da sua Biblioteca, seja através de ações culturais de diversa índole, o Gabinete Português de Leitura da Baia promove dois eventos a não perder: O VII Encontro Luso-Afro-Brasileiro “As Mulheres e a Imprensa Periódica” e a VII Jornada Regional sobre Personagens Portuguesas da Ficção Brasileira “Portugueses de Papel”.

O VII Encontro Luso-Afro-Brasileiro “As Mulheres e a Imprensa Periódica” e a VII Jornada Regional sobre Personagens Portuguesas da Ficção Brasileira “Portugueses de Papel” são dois eventos em destaque que, nos próximos dias 7, 8 e 9 de outubro, terão lugar no Gabinete Português de Leitura da Baía, no Brasil.

Estes eventos enquadram-se  na acção que o Gabinete sempre desenvolveu na promoção da Língua Portuguesa, sendo hoje uma referência incontornável neste domínio, seja através da sua Biblioteca, seja através de ações culturais de diversa índole.

Ambos os eventos irão trazer à cidade de Salvador, mais de 30 jornalistas, escritores e professores de 4 continentes (África, América do Norte, América do Sul e Europa) e os convidados e participantes, vêm de quase todos os Estados do Brasil, de Angola, de Portugal e dos Estados Unidos. Entre eles, estarão presentes, representantes das maiores instituições universitárias do Brasil (Faculdade Amadeus; UESPI/UEMA; UFBA; UFMG; FCRB; SME-RJ/RGPL; UFPE; UNEB; UFAL; UFRGS; UFPB; UFBA; UFC; PACC/UFRJ; UFSC; UFSC/CNPq; PMPA; PMS; UAN; UNIFAP; UFPR) e, inclusive, do Centro de Leituras e Culturas Lusófonas e Europeias, Universidade Aberta, Faculdade de Letras de Lisboa, University of Colorado Boulder, da Universidade de Évora, da Universidade Nova de Lisboa, da Universidade de Lisboa, bem como da Fundação Para a Ciência e Tecnologia.

156 anos na defesa da Língua Portuguesa

Gabinete Português de Leitura da Baía foi criado com a finalidade de adquirir “obras de reconhecida utilidade”, escritas nos idiomas português e francês e a preocupação dos sues fundadores era a de manter s buscavam manter os laços de união entre o Reino e a comunidade luso-baiana, estabelecendo um núcleo de cultura portuguesa na Baía através da Biblioteca. A primeira sede do GPL foi instalada em 9 de julho de 1864, à Rua Direita do Comercio nº 44. Hoje, o Gabinete ocupa  um edifício de estilo arquitetônico Neomanuelino (cujas origens remontam a época do Descobrimento), que foi projetado entre 1912 e 1915 pelo arquiteto italiano Alberto Barelli e construído pelo mestre de obras português Pinto Parente. Foi inaugurado a 3 de fevereiro de 1918. A instituição é reconhecida “como um lugar de reverência a cultura portuguesa, um lugar de memória, sendo o livro utilizado como um dos principais instrumentos no resgate da memória construída pela nação portuguesa”.

Mais informações sobre os eventos e sobre Gabinete Português de Leitura da Baía  estão disponíveis no site: www.gplsalvador.org

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Pacto Ecológico Europeu – uma primeira avaliação
Francisco Ferreira
Presidente da Direção da ZERO
Nação luso-brasileira
Igor Pereira Lopes
Jornalista e escritor
Vidas Sem Fronteiras
Daniel Bastos
Historiador
DISCURSO DIRETO
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
O Devir da Lusofonia
Isabelle de Oliveira, Investigadora
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ