ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Jornalista portuguesa premiada em Espanha por trabalho feito em Moçambique
Revista PORT.COM • 17-Fev-2020
Jornalista portuguesa premiada em Espanha por trabalho feito em Moçambique



A portuguesa Sofia da Palma Rodrigues foi galardoada em Madrid com o Prémio Internacional de Jornalismo Rei de Espanha, na categoria de «Jornalismo Ambiental e Desenvolvimento Sustentável», pelo trabalho «Terra de todos, terra de alguns».

O jurado destaca «o bom exercício jornalístico do trabalho que coloca em relevo o valor dos testemunhos diretos dos envolvidos» no documentário feito no chamado “Corredor de Nacala”, em Moçambique, “emitido por RTP África/Divergente.pt”, em 29 de dezembro de 2018.

“Terra de todos, terra de alguns” é um trabalho de Sofia da Palma Rodrigues e de Diogo Cardoso, que contou com Boaventura Monjane para pesquisa, entrevistas e revisão.

Para o júri, o programa «reflete com realismo as consequências da agricultura intensiva, dando voz a quem não costuma tê-la: os camponeses expropriados, com destaque para o papel das mulheres, num reflexo fiel do seu ativismo e luta pelos seus direitos».

Sofia da Palma Rodrigues trabalhou como jornalista em diversas publicações e atualmente faz parte da direção dos Bagabaga Studios, uma cooperativa dedicada à produção de media digitais, e é editora da Divergente, uma revista independente de jornalismo multimédia.

O Rei de Espanha, Felipe VI, vai entregar, numa cerimónia em Madrid, a realizar em 23 de março próximo, os Prémios Internacionais de Jornalismo Rei de Espanha.

Palma Rodrigues está entre os vencedores das dez categorias em que se divide o galardão, que este ano também inclui jornalistas da Colômbia, Brasil e Espanha.

Os prémios têm como objetivo reconhecer o trabalho informativo dos profissionais jornalistas em língua espanhola e portuguesa dos países que constituem a comunidade ibero-americana de países e os nacionais dos estados com quem a Espanha mantém vínculos de natureza histórica e cultural.

Estes galardões são atribuídos anualmente desde 1983, tendo sido criados pela agência de notícias espanhola EFE e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento.

“Terra de todos, terra de alguns” contou com Emma Lesuis para o vídeo, enquanto as ilustrações são assinadas por Ana Grave e Marian Pedrosa, que coassinam o ‘design’ gráfico com Inês Marques.

A banda sonora original da reportagem é de Paulo Nuno Vicente e a locução de Bernardo Afonso e Maria Almeida, com o ‘site’ a ser construído por Francisco Costa e Manuel Almeida.

Luciana Maruta e Sara Capelo transcreveram entrevistas e a tradução para o inglês foi feita por Cristina Pinheiro, Felicity Pearce e Sandra Young.

A reportagem já havia conquistado, em Portugal, o prémio Gazeta Multimédia, no ano passado.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ