ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Livro «A fabulosa galinha de Angola», de Luísa Fresta, lançado na UCCLA
Revista PORT.COM • 20-Fev-2020
Livro «A fabulosa galinha de Angola», de Luísa Fresta, lançado na UCCLA



Uma fábula que incorpora temas como a exclusão, a poligamia, a ostentação, o racismo, a extinção das espécies e a ecologia, são os ingredientes do livro infanto-juvenil “A fabulosa galinha de Angola” que a escritora Luísa Fresta irá lançar no dia 22 de fevereiro, às 17h30, no auditório da UCCLA.

“A fabulosa galinha de Angola” tem a chancela da Editorial Novembro e será apresentado por Regina Correia. O momento musical ficará a cargo de Paula Lourenço Santana.

Sinopse:

Um congresso de pássaros de África em Angola é o pretexto para falar de temas como a exclusão, a poligamia, a ostentação, o racismo e a extinção das espécies. Aqui a ecologia volta a ser tema de debate mas são os pássaros, e não os homens, que buscarão soluções para um estilo de vida que caminha para o abismo. Contado como uma fábula, voltamos a recorrer à personificação, ao humor e à poesia, para fazer passar a mensagem de uma forma lúdica.

Biografia da autora:

Luísa Fresta, portuguesa e angolana, viveu a maior parte da sua juventude em Angola, país com o qual mantém laços familiares e culturais. Reside em Portugal desde 1993. 

Publicou em 2012/13 uma série de crónicas sobre as décadas de 70/80 da vida em Luanda, através do Jornal Cultura - Jornal Angolano de Artes e Letras com o qual colaborou regularmente até 2015 e publicou também pontualmente em diversas revistas on-line (a moçambicana Literatas e as brasileiras Samizdat e Subversa). Escreve regularmente desde 2013 no portal O Gazzeta, coordenado por Germano Xavier e desde 2014 publica prosa e poesia no portal Entrementes - Revista Digital de Cultura. Desde 2016 escreve também no jornal digital Artes&Contextos.

Sobre cinema (essencialmente lusófono e africano francófono) mantém participações episódicas através de artigos de opinião no site de crítica de cinema Africiné, portal BUALA, revista Awotele, e manteve, até 2015, duas colunas na revista METROPOLIS intituladas: A 7.ª arte em África e Filmes da lusofonia. Em 2016 integrou o júri do comité de pré-seleção da representação pan-africana do Festival l’Arbre d’Or (filmes documentários- Gorée/ Senegal).

Prémios e principais antologias:

1998- Portugal: concurso de contos curtos “Expo 98 palavras” (texto Crime, publicado juntamente com cerca de outros 100);

2013- Brasil: 2.º lugar no 9.º concurso online – II Prémio Licinho Campos de Poesias de Amor (poema Soneto do Amor no Feminino); 2º prémio no 1º Concurso Internacional de Literatura de Alacib, (na categoria crónica, com Outros Campeonatos);

2014- Brasil: o poema Talvez foi considerado um dos melhores 50 apresentados a concurso e incluído numa coletânea publicada pela Academia Jacarehyense de Letras, promotora do 8º Festival Internacional de Sonetos;

2015- Brasil: crónica Luanda, aliás «São Paulo da Assunção de Loanda» incluída numa coletânea editada pela Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP;

2016- Portugal: integrou, juntamente com sete outros autores, uma antologia solidária dedicada ao tema da saúde mental, intitulada “Mens Sana” (com o conto O papel de Aurélie), editada pela Livros de Ontem;

2018- Brasil: 1.º prémio de crónica internacional no 2.º Varal Literário da Câmara Municipal de Divinópolis com o texto Eu quero a panela grande;

2019- Angola: participou numa antologia em homenagem ao poeta João Tala intitulada “Nós e a Poesia” editada pelas Edições Handyman; Portugal: integrou uma antologia poética intitulada “Templo de Palavras”, com o selo da Editorial Minerva e coordenação literária a cargo do poeta e escritor Delmar Maia Gonçalves; Brasil: 1.º prémio de crónica internacional no 3.º Varal Literário da Câmara Municipal de Divinópolis com o texto Os caminhos ínvios da escrita; Cabo Verde: participou na antologia solidária “Mulheres e Seus Destinos”, organizada por Yara dos Santos e Lena Marçal.

Obras da autora:

49 Passos/ Entre os Limites e o Infinito (poesia), Chiado Editora, 2014

Contexturas (contos, baseados em quadros de Armanda Alves, co-autora), Livros de Ontem, 2017

Março entre meridianos (poesia, 1.º prémio “Um Bouquet de Rosas para Ti”), MAAN, 2018

Março entre meridianos (reedição), Livros de Ontem, 2019


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ