ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Revista PORT.COM • 04-Set-2017
Português alcança segundo lugar em concurso mundial de sushi



Chef Miguel Bértolo representou o país na competição que se realizou em Tóquio.

A primeira participação portuguesa na World Sushi Cup, competição que avalia chefes de cozinha na arte de confecionar sushi, terminou de forma muito positiva: o chefe Miguel Bértolo conseguiu o segundo lugar do concurso.

A competição, uma das mais importantes e reconhecidas no mundo da confeção da iguaria nipónica, realizou-se entre os dias 22 e 24 de agosto em Tóquio, no Japão.

Os concorrentes tiveram um dia de formação técnica e outro de formação prática. Nestes dois dias, foram definidas as regras que os 30 participantes tinham de cumprir para participarem no campeonato. Desses 30, apenas 20 disputaram a final.

Após aprovados para participação na World Sushi Cup, os chefes passaram por dois desafios. O primeiro, a abertura de peixes e bivalves segundo as normas Eduame Zushi (sushi tradicional). De seguida, prepararam várias peças de sushi e respetivo empratamento.

Concluídas as duas provas e após a avaliação de vários júris, que avaliaram fatores como a jaleca, a higiene e a apresentação de cada chefe, bem como o estado do equipamento e a capacidade de organização, foram anunciados os resultados. 

"O segundo lugar nesta competição, conseguido pelo chefe Miguel Bértolo, é o culminar de todo o empenho e dedicação do mesmo durante os treinos intensos. Foi um percurso difícil. No entanto, é com grande satisfação que vemos Portugal no pódio de um torneio onde estão à prova os melhores sushimans a nível mundial", afirmou Isabel Caeiro, responsável de Comunicação da Makro Portugal, uma das parceiras na ida do chefe português a Tóquio, em juntamente com a Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal.

O vencedor foi o russo Vladimir Pack, mas o pódio da Taça do Mundo de Sushi falou maioritariamente português: o terceiro lugar foi atribuído ao brasileiro Fábio Catsuqui.

O campeonato incluiu ainda um outro chef de sushi português, emigrado na Suíça. Eduardo Dias acabou em sétimo.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Na Ponta da Língua - Histórias, Memórias e Inovação na Emigração
Daniel Bastos
Historiador
Emigrantes lesados do BES no debate parlamentar
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelas Comunidades
O carnaval mais português de Portugal
Carlos Bernardes
Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras
DISCURSO DIRETO
Descendentes de judeus sefarditas portugueses
Isabel Vellozo Ferreira
FRANÇA
Uma viagem pela cultura e história de uma vida em três continentes
Ricardo Ferreira
BRASIL
A portuguesa que lidera a construção civil na Austrália
Graciete Ferreira
AUSTRÁLIA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ