ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Português alcança segundo lugar em concurso mundial de sushi
Revista PORT.COM • 04-Set-2017
Português alcança segundo lugar em concurso mundial de sushi



Chef Miguel Bértolo representou o país na competição que se realizou em Tóquio.

A primeira participação portuguesa na World Sushi Cup, competição que avalia chefes de cozinha na arte de confecionar sushi, terminou de forma muito positiva: o chefe Miguel Bértolo conseguiu o segundo lugar do concurso.

A competição, uma das mais importantes e reconhecidas no mundo da confeção da iguaria nipónica, realizou-se entre os dias 22 e 24 de agosto em Tóquio, no Japão.

Os concorrentes tiveram um dia de formação técnica e outro de formação prática. Nestes dois dias, foram definidas as regras que os 30 participantes tinham de cumprir para participarem no campeonato. Desses 30, apenas 20 disputaram a final.

Após aprovados para participação na World Sushi Cup, os chefes passaram por dois desafios. O primeiro, a abertura de peixes e bivalves segundo as normas Eduame Zushi (sushi tradicional). De seguida, prepararam várias peças de sushi e respetivo empratamento.

Concluídas as duas provas e após a avaliação de vários júris, que avaliaram fatores como a jaleca, a higiene e a apresentação de cada chefe, bem como o estado do equipamento e a capacidade de organização, foram anunciados os resultados. 

"O segundo lugar nesta competição, conseguido pelo chefe Miguel Bértolo, é o culminar de todo o empenho e dedicação do mesmo durante os treinos intensos. Foi um percurso difícil. No entanto, é com grande satisfação que vemos Portugal no pódio de um torneio onde estão à prova os melhores sushimans a nível mundial", afirmou Isabel Caeiro, responsável de Comunicação da Makro Portugal, uma das parceiras na ida do chefe português a Tóquio, em juntamente com a Associação Cozinheiros Profissionais de Portugal.

O vencedor foi o russo Vladimir Pack, mas o pódio da Taça do Mundo de Sushi falou maioritariamente português: o terceiro lugar foi atribuído ao brasileiro Fábio Catsuqui.

O campeonato incluiu ainda um outro chef de sushi português, emigrado na Suíça. Eduardo Dias acabou em sétimo.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Santa Casa da Misericórdia de Paris
Daniel Bastos
Historiador
Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades
José Cesário
Deputado
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
Portugal Maior
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Português é uma língua com valor universal»
Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões
PORTUGAL
«A China está pronta para nos acolher»
José Augusto Duarte, Embaixador de Portugal na China
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ