ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cereja do Fundão: o rubi da Serra da Gardunha
Revista PORT.COM • 12-Jun-2018
Cereja do Fundão: o rubi da Serra da Gardunha



No mês de junho, o Fundão veste-se de vermelho-cereja. Na aldeia serrana de Alcongosta produzem-se os preciosos rubis que dão cor e sabor a um mês de festas recheado de animação, gastronomia e artesanato. Vermelhas, sumarentas e apetitosas, as cerejas convidam todos à festa.

É no início da primavera que as paisagens da região se pintam com o branco das cerejeiras em flor, antes de colorirem a vista com o vermelho rubi e de se sentir o aroma doce a pairar sobre as aldeias históricas da região.

Se está a pensar visitar esta região da Beira Baixa para saborear esta fruta, descubra tudo o que pode fazer, os locais incríveis que pode visitar e transforme a sua viagem numa experiência inesquecível.

Durante todo o mês, para além de provar as saborosas cerejas, pode deliciar-se com todas as iguarias à base deste fruto, desde doces, licores, pastéis e bombons de cereja, tudo conjugado com muita animação de rua, desde os live cookings aos concertos musicais.

A oferta é muita e variada. Aqui ficam algumas sugestões:

 

Voos de balão

Ao longo de todo o mês de junho pode apreciar o voo de balão que lhe vai proporcionar uma experiência única de sobrevoar os milhares de cerejais com fruto. O preço médio é de 150 euros por pessoa.

 

Passeios a pé e de bicicleta

Passear por entre as cerejeiras, a pé ou de bicicleta, é também uma das propostas a quem visita a aldeia de Alcongosta. Para isso, o visitante pode realizar a Rota da Pedra D` Hera ou alugar uma bicicleta no Parque do Convento/ Parque Verde e deslocar-se até ao vale de Alcongosta para observar o fruto da época.

 

Comboio Turístico da Cereja

Durante todos os fins-de-semana do mês de junho, enquadrado numa visita guiada, tem a oportunidade de percorrer os Cerejais da Serra da Gardunha ao viajar de comboio turístico (3 euros por pessoa).

 

Cestas de piquenique

Para quem queira prolongar o passeio ou a experiência, pode alugar cestas de piquenique (preço varia entre os 20 e os 35 euros), em que a cereja é rainha, e estender a manta por um dos pomares, aproveitando o bom tempo e as iguarias. 

 

Apadrinhamento de cerejeiras

Pode ainda apadrinhar uma cerejeira, onde mediante o pagamento de uma quota anual de 20 euros, pode dar o seu nome - ou aquele que entender - a uma cerejeira que é plantada na região. Como em média a cerejeira demora três a cinco anos a crescer, durante esse período a autarquia garante-lhe uma caixa de cerejas por ano com o compromisso que visite a afilhada pelo menos uma vez ao ano.

 

Festival Gastronómico “Fundão, aqui come-se bem”

Até ao dia 1 de julho, no festival gastronómico do Fundão, é possível degustar pratos deliciosos em todos os restaurantes e pastelarias, como gambas flamejadas com cereja, bacalhau com crosta de cereja e broa, peito de pato com cerejas salteadas, tigelada de cereja, arroz doce de cereja ou apenas comer umas cerejas frescas.

Entre as iguarias que mais se destacam estão os Pastéis de Cereja, os Bombons de Cereja, o Gelado de Cereja, o Bombom de Gelado de Cereja do Fundão, o Iogurte Grego à moda antiga de Cereja do Fundão, a Bola de Berlim de Cereja, o Chá Preto Aromatizado com Cereja e a Infusão de Cereja do Fundão com Chocolate de São Tomé e Príncipe.

Veja também as nossas sugestões de alojamento e degustação na edição de junho da Revista PORT.COM.

 

Foto em destaque ©João Lourenço 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Santa Casa da Misericórdia de Paris
Daniel Bastos
Historiador
Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades
José Cesário
Deputado
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
Portugal Maior
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Português é uma língua com valor universal»
Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões
PORTUGAL
«A China está pronta para nos acolher»
José Augusto Duarte, Embaixador de Portugal na China
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ