ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Descobrir os vinhos do Montenegro
Revista PORT.COM • 06-Out-2018
Descobrir os vinhos do Montenegro



Provenientes de vinhas situadas no local mais pitoresco do Montenegro, a Lipovac oferece vinhos únicos produzidos em ânforas, com recurso a técnicas milenares. Agora já estão em Portugal.

A melhor forma de conhecer um vinho é prová-lo. E se ainda não conhecemos os vinhos do Montenegro, a Lipovac Wines dá uma ajuda, trazendo-os agora para o mercado português. Recentemente, a empresa montenegrina apresentou a sua gama de vinhos, composta por seis variedades, no espaço Mundo do Vino, em Lisboa.

A empresa nasceu pela mão do empresário russo Ravil Shaikhutdinov, que sentiu «amor à primeira vista» quando percebeu o potencial que o Montenegro tinha para oferecer em matéria de natureza e belos cenários.

«Reparei que a minha paixão de longa data pelo vinho francês, italiano e georgiano poderia tornar-se realidade neste solo». Foi a empresa de Ravil que alocou fundos para a construção da destilaria Lipovac, lançada em 2015 em Cetinje, capital histórica do Montenegro.

É aqui, mais precisamente nas encostas Građani, que rodeiam o Lago Skadar (o maior dos Balcãs e uma famosa reserva natural no país), que se encontram as vinhas da empresa vitivinícola. O efeito traduz-se num anfiteatro natural, popularmente apelidado de “vinhedo de nuvem”. Os socalcos suportados por muros de pedra estão sempre virados para o sol e ao longo do dia vão acumulando calor, que libertam nas vinhas durante a noite, fazendo com que as uvas libertem a quantidade máxima de açúcar.

Mas há outra característica que distingue estes vinhos. Além das técnicas tradicionais de vinificação e maturação em barricas de inox e de carvalho francês, a Lipovac usa ânforas e kvevri (ânforas enterradas no chão), uma forma de produzir vinho que remonta ao século VIII a.C. e à época do Reino de Urartu. Esta integra, aliás, desde 2011, a Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO.

 

Os vinhos

Idea – Branco seco de cor dourada, excelente complexidade e estrutura, com acentos de flores frescas e pêssego branco.

Harmonia – Rosé seco de cor salmão, feito ao estilo clássico da Provença, com sabor leve, estrutura delicada e notas de framboesas e morangos.

Concept – Tinto seco de cor rubi, estrutura média e notas de fruta madura.

Model – Tinto seco de cor granada, caracterizado por uma estrutura boa e elegante. Adequado para o envelhecimento prolongado na garrafa. Notas de fruta destacam-se no seu aroma.

Gea – Branco seco de cor âmbar, fragrância de flores brancas e mel, com notas de incenso. Denso na boca, com final arredondado e taninos leves.

Tellus – Tinto seco de cor rubi profunda, aroma intenso a cerejas, amoras e frutos do bosque, excelente estrutura ácida e equilíbrio de taninos.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Emigração traz riqueza
Jack Soifer
Jack Soifer, Consultor internacional
Mudanças na legislação eleitoral, conquista ou oportunidade perdida?
José Cesário
Deputado
O Festival Kunchi e os laços ancestrais entre Portugal e o Japão
Daniel Bastos
Historiador
DISCURSO DIRETO
Macau, ponto focal do comércio Portugal-China
Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio
PORTUGAL
Importância estratégica de Macau
José Caria, Diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Adega Mayor representa uma aposta de crescimento»
Rita Nabeiro, Diretora da Adega Mayor
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ