ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Sabe como foi a alimentação da Família Real ao longo dos séculos?
Revista PORT.COM • 03-Nov-2018
Sabe como foi a alimentação da Família Real ao longo dos séculos?



Os hábitos alimentares da Família Real e as ‘artes da mesa’ vão estar em debate a 8 de novembro no Palácio de Queluz, em Lisboa.

Como foi a alimentação da Família Real ao longo dos séculos? De que forma contribuiu para a encenação do poder régio? Que novos produtos chegaram à corte na sequência da evolução histórica? Quando foi introduzido o consumo do chocolate? E do ananás? O Palácio Nacional de Queluz, um dos locais que testemunhou estas vivências na segunda metade do século XVIII e inícios do século XIX, é o cenário escolhido para debater o tema dos hábitos da Família Real à mesa, num colóquio de entrada livre.

 O evento vai contar com vários especialistas da área e visa destacar o vasto universo da alimentação e das “artes da mesa” como parte integrante essencial do património cultural e como elemento determinante para a compreensão histórica.

Esta é uma iniciativa do projeto “A Place at the Royal Table” (“Um Lugar à Mesa Real”), desenvolvido pela ARRE – Associação das Residências Reais Europeias, no contexto do Ano Europeu do Património Cultural 2018.

O Palácio Nacional de Queluz, que foi palco privilegiado de inúmeras refeições Reais, acolhe assim um encontro que explora diversas vertentes desta temática, nomeadamente: a mesa enquanto espaço político, de poder e de representação pessoal; a introdução dos produtos exóticos vindos do “Novo Mundo”; a etiqueta e o cerimonial; a decoração das mesas e os objetos nelas expostas. O evento termina com uma sugestiva degustação de chocolate, o gosto invulgar que tanto seduziu as cortes europeias, a partir de finais do séc. XVII.

O colóquio é de participação gratuita, mediante inscrição até dia 5 de novembro, e prevê a possibilidade de reservar almoço.

 

Inscrições em:

https://www.parquesdesintra.pt/programacao-cultural/coloquio-um-lugar-a-mesa-real/


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ