ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Beatriz Costa representa Portugal no European Young Chef Award
Revista PORT.COM • 21-Nov-2018
Beatriz Costa representa Portugal no European Young Chef Award



A jovem vencedora do Young Chef Awards 2018, Beatriz Costa, natural do Minho, vai representar Portugal no concurso European Young Chef Award, que decorre na Irlanda, a 25 e 26 de novembro. A Chef leva arroz em vinha d'alhos para mostrar ao júri a gastronomia minhota.

A jovem chef de 18 anos, Beatriz Costa, vencedora do Young Chef Awards 2018, do Minho, a única região portuguesa de gastronomia europeia, representa Portugal no concurso internacional de culinária, o European Young Chef Award, que decorre nos dias 25 e 26 de novembro, na Irlanda.

Beatriz Costa vai competir com jovens chefs e pratos tradicionais de outras regiões da Europa, e do Minho leva um arroz de tacho cozido numa mistura de água, entrecosto estufado e vinho tinto. Com este prato a chef portuguesa apresenta o Minho no concurso internacional em Galway.

O arroz em vinha d’alhos será a escolha da jovem chef para mostrar ao júri europeu o que de melhor se faz na gastronomia minhota. Contudo, na mala para a Irlanda leva entrecosto, cebolas, alhos, chouriças e outros ingredientes, todos produtos caseiros e locais da região. O objetivo é valorizar a região do Minho, o seu receituário, os seus produtos endógenos e a sua riqueza diferenciadora no que diz respeito à gastronomia.

Para o chef Renato Cunha, embaixador do Minho Young Chef Awards e mentor da Beatriz Costa na preparação para os European Young Chef Award, trata-se de «um prato verdadeiramente minhoto, com feijões terrestres, produzidos em Arcos de Valdevez, mas também equilibrado, com hidratos de carbono, proteína e vegetais.»

A apresentação do prato foi treinada muitas vezes, «arriscando na criatividade e trazendo elementos vegetais com técnicas mais modernas» e para chamar atenção do júri, a jovem chef vai também um pequeno tacho em barro com arroz de grelos.

«Queremos mostrar o melhor dos dois mundos ao júri», explicou Renato Cunha, que considera que há grandes possibilidades do arroz em vinha d’alhos surpreender os jurados no European Young Chef Award.

«O Minho é sabor, é alma, é rústico, mas com pleno sabor. Queremos mostrar uma região vanguardista e autêntica», acrescentou Renato Cunha.

O Minho é conhecido como «a região verde de Portugal, a terra do bacalhau à minhota, das papas de sarrabulho, dos rojões, do cozido à portuguesa e do caldo verde, o Minho tem vindo a desenvolver nos últimos anos a sua gastronomia, aliando a tradição à inovação aos seus pratos, tentando corresponder às exigências de um público cada vez mais diferente.»

Beatriz Costa indicou que pretende continuar a estudar e a aperfeiçoar o conhecimento na área, mas agora está focada no European Young Chef Award e trazer para o Minho o trofeu de primeiro lugar. «Os jurados vão-se render ao sabor do arroz em vinha d’alhos», referiu a jovem chef.

O Minho Young Chef Awards 2018, realizado em maio, foi uma iniciativa que integrou as três Comunidades Intermunicipais do Alto Minho Cávado e Ave, o Instituto Internacional da Gastronomia, Cultura, Artes e Turismo (IGCAT), e a Plataforma das Regiões Gastronómicas.


Etiquetas

Partilhar

OPINIÃO
Quanto 'vale' o investidor da Diáspora?
José Caria
Diretor Adjunto da PORT.COM
Sagres, uma marca de bebida com história e identidade
Nuno Pinto Magalhães
Diretor de Relações Institucionais da SCC
Felicidade? Lusodescendentes! Exemplo: São Paulo
Jack Soifer
Consultor Internacional
DISCURSO DIRETO
Encontro Intercalar na Madeira será iniciativa coroada de êxito
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
Invest Madeira: o epicentro da vontade dos investidores
Ana Filipa Ferreira, Dir. Invest Madeira
PORTUGAL
Sejam bem-vindos à Madeira!
Miguel Albuquerque
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ