ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Porco alentejano conquista prémio de charcutaria nos EUA
Revista PORT.COM • 17-Mar-2019
Porco alentejano conquista prémio de charcutaria nos EUA



Produzido por empresário português no país, o porco alentejano foi distinguido no concurso Charcuterie Masters, em Nova Iorque.

O porco alentejano, criado e produzido pelo criador português Rodrigo Duarte nos Estados Unidos, ganhou um prémio na categoria de melhor gordura de porco no concurso Charcuterie Masters - considerado um campeonato nacional de charcutaria dos EUA -, em Nova Iorque.

Dois andares, duas salas, quatro dezenas de vendedores e concorrentes, 60 variedades de produtos, muitos cheiros e sabores fizeram a edição de 2019 de um prémio nacional, que, através dos seus participantes, se estendeu ao vizinho Canadá, Inglaterra e a Portugal.

O prémio para o porco alentejano, o sétimo ganho pela empresa portuguesa neste concurso, significa muito para Rodrigo Duarte, emigrante português que em 2006 abriu o mercado de produtos gourmet Caseiro e Bom em Newark.

Rodrigo Duarte sublinhou, à agência Lusa, que a carne de origem portuguesa tem «extrema qualidade, um paladar excelente» e está a ser reconhecida nos EUA, salientando que o porco alentejano «é uma raça extraordinária, com poder tremendo de charcutaria».

«Somos portugueses no meio dos americanos a lutar com produtos típicos portugueses», contou, confessando que é «um bocado duro», mas que é necessário «bater sempre na mesma tecla», que «o que é português é bom».

A afluência da clientela à banca de Rodrigo Duarte foi grande, chamada por uma demonstração em palco dos produtos portugueses, que incluíam presunto e chouriço alentejano, paio caseiro, morcela, orelha de porco, salsicha saucisson em vinho do Porto e outros.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ