ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Feira de doçaria conventual de Portalegre reúne 40 doceiros de três países
Revista PORT.COM • 06-Abr-2019
Feira de doçaria conventual de Portalegre reúne 40 doceiros de três países



Cerca de 40 doceiros de Portugal, Espanha e França são esperados na 19.ª edição da Feira de Doçaria Conventual e Tradicional de Portalegre, que está a decorrer durante este fim de semana.

Conhecida em tempos como a 'cidade dos sete conventos', devido à sua tradição religiosa, Portalegre possui um vasto número de receitas de doces conventuais, com origens remotas, que estão guardadas a "sete chaves" pelas doceiras.

Após ter decorrido durante várias edições no Convento de São Bernardo, a feira regressa este ano ao Convento de Santa Clara, recentemente requalificado, numa iniciativa do município, com o apoio da Associação de Produtores para a Valorização e Qualificação dos Produtos Tradicionais Portugueses (QUALIFICA).

Além dos doces e licores, o programa tem também para oferecer os ateliers "mãos na massa", vocacionados para os mais pequenos, existindo ainda um outro espaço lúdico dedicado às crianças, enquanto os pais visitam o certame.

Uma exposição de tabuleiros antigos e os tradicionais concursos de doces e licores são outros dos atrativos do certame.

A animação está também garantida durante os três dias de feira, através de grupos locais e pela Associação Cultural Danças Com História, que vai apresentar um espetáculo com danças do século XVI.

O preço das entradas na feira é um euro, podendo os visitantes com esse ingresso entrar também nos museus daquela cidade alentejana.

Na Feira de Doçaria Conventual e Tradicional podem ser saboreados vários doces, como barrigas de freira, pães de rala, toucinhos-do-céu, fidalgos, ovos-moles, castanhas de ovos, rebuçados de ovos e amêndoas de Portalegre, pastéis de Belém e de Tentúgal, Lampreia de Amêndoa, fartes, queijinhos do céu e cornucópias, entre outros.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ