ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Depois das bruxas, é a vez das chouriças e os salpicões assumirem o protagonismo em Montalegre
Revista PORT.COM • 22-Jan-2017
Depois das bruxas, é a vez das chouriças e os salpicões assumirem o protagonismo em Montalegre



A feira deste ano conta com 91 produtores exclusivamente locais, 74 deles de fumeiro, que têm para vender mais de 60 toneladas de enchidos, como alheiras, chouriças, sangueiras, bucheiras, farinheiras ou salpicões.

Janeiro está a ser um mês em cheio em Montalegre. Depois de o calendário ter presenteado a vila transmontana com a primeira das duas sextas-feiras 13 deste ano, aproxima-se a Feira do Fumeiro. De 26 a 29 de janeiro, a 26.ª edição deste evento anual vai ter à venda mais de 60 toneladas de fumeiro.

A feira deste ano conta com 91 produtores exclusivamente locais, 74 deles de fumeiro, que têm para vender mais de 60 toneladas de enchidos, como alheiras, chouriças, sangueiras, bucheiras, farinheiras ou salpicões. Para além do fumeiro, haverá pão caseiro, bolos, folares, mel, compotas, ervas aromáticas e medicinais ou licores regionais.

Uma das novidades deste ano é a abertura de um espaço dedicado à restauração. Outra novidade passa por iniciativas de animação no pavilhão gimnodesportivo onde decorre a feira, a cargo de grupos musicais, ranchos folclóricos e cantares ao desafio. À imagem do que é habitual, também vai haver lugar a chegas de bois.

A autarquia de Montalegre estima a visita de cerca de 100 mil visitantes, número semelhante ao do ano passado. Esta vila transmontana, no distrito de Vila Real, tem atualmente mais de 300 camas em hotéis, residenciais ou habitações de turismo rural, graças a eventos como esta feira, a sexta-feira 13, o congresso de medicina tradicional ou o mundial de ralicross.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ