ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Praia de Mira, a única no mundo que recebeu sempre Bandeira Azul
Revista PORT.COM • 01-Mai-2017
Praia de Mira, a única no mundo que recebeu sempre Bandeira Azul



A praia portuguesa recebe a bandeira tão desejada desde que a mesma foi criada, há 31 anos.

Vinte e duas das 28 praias fluviais distinguidas com a Bandeira Azul situam-se no Centro de Portugal, região onde a praia de Mira se tornou a única no Mundo a receber o galardão 31 anos consecutivos.

No total, 70 das 320 praias nacionais (fluviais e marítimas) distinguidas com Bandeira Azul 2017 pertencem ao Turismo Centro de Portugal, que acolhe dois terços das praias fluviais contempladas com o galardão ambiental.

O destaque na região vai, no entanto, para uma zona balnear marítima, a Praia de Mira, que conquistou a primeira Bandeira Azul no ano em que foi criado o galardão ambiental da Fundação para a Educação Ambiental.

“O Centro de Portugal voltou a ser reconhecido pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) como uma região de turismo de excelência também em zonas balneares”, resume a Entidade Regional de Turismo Centro, liderada por Pedro Machado.

O presidente da Câmara de Mira, pelo seu lado, manifesta orgulho pela obtenção do galardão, prometendo que a Praia de Mira estará “à altura” da distinção.

“Temos muito orgulho numa praia que é uma referência mundial, por ser a única com Bandeira Azul há 31 anos consecutivos”, disse à Lusa o presidente da Câmara de Mira, Raul Almeida, lembrando que o Poço da Cruz, a outra praia do concelho, foi também hoje contemplada pelo décimo primeiro ano consecutivo com o galardão.

Segundo os critérios definidos pelo programa Bandeira Azul – Informação e Educação Ambiental; Qualidade da Água; Gestão Ambiental e Equipamentos; Segurança e Serviços – foram as seguintes as zonas balneares pertencentes à região de Turismo Centro de Portugal distinguidas com Bandeira Azul-2017:

Agroal, Aldeia do Mato, Alvôco das Várzeas, Areão, Areia Branca, Areia Sul, Azul, Baleal Norte, Baleal Sul, Barra, Bico, Bogueira, Bostelim, Buarcos, Canaveias, Carvoeiro-Mação, Centro (Santa Cruz), Consolação, Cortegaça, Costa Nova, Cova da Alfarroba, Cova Gala, Furadouro, Esmoriz, Figueira da Foz-Relógio, Física (Santa Cruz).

Formosa, Foz do Arelho-Lagoa, Gambôa, Lapa dos Dinheiros, Leirosa, Loriga, Medão-Supertubos, Mira, Mirante (Santa Cruz), Monte Branco, Navio, Nazaré, Osso da Baleia, Palheiros e Zorro, Paredes de Vitória, Pedrogão-Centro, Peneda, Pessegueiro, Piódão, Pisão (Santa Cruz), Poço da Cruz, Porto Dinheiro, Porto Novo, Praia de Pampilhosa da Serra também foram contempladas.

O galardão foi ainda para a Praia do Mar, Quiaios, Quinta do Barco, Reconquinho, Santa Helena, Santa Luzia, Santa Rita Norte, Santa Rita Sul, São Bernardino, São Jacinto, São Martinho do Porto, São Pedro da Maceda, Secarias-Peneda Cascalheira, Senhora da Graça, Tocha, Torrão do Lameiro/Marreta, Torreira, Vagueira, Valhelhas e Vimeiro.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ