ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Agências de viagens passam à Europa mensagem de segurança em Portugal
Revista PORT.COM • 20-Jun-2017
Agências de viagens passam à Europa mensagem de segurança em Portugal



A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) pediu às suas congéneres europeias que transmitam aos seus associados que Portugal e, nomeadamente, a região centro, se mantêm como um destino seguro.

Depois de, pelo menos 64 pessoas, terem morrido na sequência do incêndio de grandes dimensões que deflagrou no concelho de Pedrógão Grande, a APAVT apelou para que as associações europeias "difundam a todas as agências de viagens e operadores turísticos, e através destes aos seus clientes, o facto de Portugal, designadamente os destinos da Região Centro de Portugal, se manterem totalmente operacionais e seguros, apesar dos trágicos incêndios deste fim de semana", refere a associação em comunicado.

A APAVT faz parte da Confederação Europeia das Associações de Agentes de Viagens e Operadores Turísticos (ECTAA), organização na qual ocupa uma das vice-presidências, o que agiliza o processo e a transmissão deste apelo, "que está já a ser difundido por toda a Europa", garantem.

"Decidimos de imediato tomar esta iniciativa, para tranquilizar os nossos colegas europeus, e desta maneira ajudarmos naquilo que está ao nosso alcance", afirma o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, no comunicado, acrescentando que, ainda assim, até ao momento, não receberam qualquer registo de cancelamentos.

A APAVT lembra que foi precisamente na região do Centro de Portugal, em Coimbra, que de 31 de maio passado a 02 de junho, teve lugar uma reunião da ECTAA, que juntou os líderes da distribuição turística europeia.

O fogo, que deflagrou na tarde de sábado, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e entrou também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã.

O último balanço dá conta de 64 mortos e 135 feridos. Há ainda dezenas de deslocados, estando por calcular o número de casas e viaturas destruídas.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ