ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Turismo Português recusa que crise em Espanha seja oportunidade
Revista PORT.COM • 07-Out-2017
Turismo Português recusa que crise em Espanha seja oportunidade



Generalitat anunciou na madrugada de segunda-feira passada que 90% dos catalães votaram a favor da independência no referendo do dia anterior.

O presidente da Confederação do Turismo Português (CTP) disse que a grave crise política que atravessa a Catalunha, em Espanha, "não é uma boa notícia", e recusou que essa situação seja uma oportunidade para o setor em Portugal. 

"Acho que aquilo que se passa na Catalunha é extremamente grave. Ainda estamos todos longe de saber o que é que se vai passar e eu não gostaria nunca de ver isso como oportunidade", afirmou Francisco Calheiros.

Falando aos jornalistas no Palácio de Belém, depois de um encontro com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, o responsável da CTP notou que o crescimento que o setor está a ter no país deve-se aos "turistas que vêm de muito longe - da Coreia, do Japão, da China e dos Estados Unidos - que fazem a visita a Portugal e Espanha". 

"Portanto, não é para nós uma boa notícia o que se está a passar na Catalunha. Não acho que seja uma boa notícia nem para os espanhóis, nem para a Europa, nem para nós em particular", acrescentou, vincando ser apologista de um "mercado ibérico alargado". 

A Espanha está a viver uma das suas maiores crises políticas de sempre depois da transição democrática iniciada em 1977. 

O governo regional da Catalunha (Generalitat) anunciou na madrugada de segunda-feira passada que 90% dos catalães votaram a favor da independência no referendo do dia anterior. A consulta popular foi convocada pela Generalitat, dominada pelos separatistas, tendo o Estado espanhol, nomeadamente o Tribunal Constitucional, declarado que a consulta era ilegal.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ