ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Revista PORT.COM • 26-Nov-2017
Centro de Portugal reeleito 'destino preferido' em 2018



A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) reelegeu, pela primeira vez na história da iniciativa, o Centro de Portugal como o seu 'destino preferido' em 2018

"Todos os anos temos tido 'destinos preferidos' de regiões diferentes. Curiosamente, o nosso primeiro 'destino preferido' [desde que existe a iniciativa] foi Macau e o nosso último [para 2017] foi o Turismo do Centro", lembrou o presidente da associação, Pedro Costa Ferreira.

No entanto, dado os acontecimentos deste ano - a tragédia dos incêndios na região -, o "dever de solidariedade" e "o nosso trabalho passado em comum" levou a que a associação decidisse voltar a eleger, pela primeira vez dois anos consecutivos, o Centro de Portugal com esta 'distinção'.

"Assim, o 'destino preferido' em 2018 volta a ser o Centro de Portugal", com muita honra e muito gosto", disse o presidente da associação no 43.º Congresso Nacional da APAVT, que terminou ontem em Macau.

O 'destino preferido' da APAVT é um projeto através do qual a associação e a região eleita definem uma agenda comum e tentam desenvolver oportunidades ao longo do ano.

O presidente do Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, enalteceu "o quanto é importante este momento" para a região, referiu que "a APAVT esteve sempre presente nos momentos bons e menos bons", nomeadamente nos incêndios em junho em Pedrogão e depois em outubro, e lembrou os três congressos nacionais que a associação já realizou naquela zona de Portugal: em Viseu em 2011, em Coimbra em 2012, e em Aveiro em 2016.

Sobre os momentos bons, exemplificou o trabalho conjunto que realizaram para receber a confederação europeia das agências de viagens e operadores turísticos (ECTAA, na sigla em inglês), que levou a uma parceria cuja realização de um filme promocional "já recebeu 11 prémios internacionais em 11 países diferentes", referiu.

"Reafirmar esta confiança para 2018 é um estímulo e uma esperança acrescida. (....) Quero apenas manifestar, não apenas o apreço, mas a confiança que a APAVT nos dá para começarmos 2018 com muita esperança e melhor do que terminámos 2017", concluiu Pedro Machado.

No 43.º Congresso Nacional da APAVT, foram divulgadas algumas medidas de apoio à recuperação do Turismo do Centro, região de Portugal muito fustigada recentemente pelos incêndios.

Na sexta-feira, a diretora de área de feiras da FIL e responsável pela BTL, Fátima Vila Maior, anunciou que o Turismo do Centro vai ser o "destino convidado" da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) em 2018.

Na quinta-feira, a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, disse que o Turismo de Portugal vai ter também um programa de incentivos financeiros para a realização de congressos nas zonas afetadas pelos incêndios.

Já o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, tinha anunciado, na abertura do congresso na quarta-feira, que a associação criou e custeou um 'site' - 'O Centro das atenções' - sobre o turismo do Centro, que estará vivo "ao longo de, pelo menos, todo o próximo ano", chamando a atenção para "todas as oportunidades que se mantêm inalteradas, na região".

As centenas de incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram 45 mortos e cerca de 70 feridos, perto de uma dezena dos quais graves.

Os fogos obrigaram a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas, sobretudo nas regiões Norte e Centro.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos em Portugal, depois de Pedrógão Grande, em junho deste ano, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou, segundo a contabilização oficial, 64 mortos e mais de 250 feridos. Registou-se ainda a morte de uma mulher que foi atropelada quando fugia deste fogo.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Um retrato dos cientistas portugueses no estrangeiro
Daniel Bastos
Historiador
Alargamento da Ação Cultural Externa às Comunidades Portuguesas
José Cesário
Deputado do PSD
Investimentos Brasil-Portugal
Fernando Pinho
Economista, palestrante e consultor financeiro
DISCURSO DIRETO
'Encontros são uma homenagem aos empresários da diáspora'
José Luís Carneiro
PORTUGAL
'O Estado abandonou o país rural'
Nádia Piazza
PORTUGAL
José Redondo e a paixão pelo râguebi
José Redondo
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ