ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Parque Jurássico da Lourinhã quer atrair turistas para a região Oeste
Revista PORT.COM • 24-Out-2016
Parque Jurássico da Lourinhã quer atrair turistas para a região Oeste



O complexo abre ao público em 2018 e espera 200 mil visitantes por ano.

O Parque Jurássico da Lourinhã, um investimento de 3,5 milhões de euros a entrar em construção em 2017, vai atrair turistas e dinamizar a economia na região Oeste.

Segundo o Turismo de Portugal, “o Parque dos Dinossauros da Lourinhã promete ser um projeto de grande impacto para o desenvolvimento turístico da região. A elevada capacidade faz com que a atração de turistas para a região possa ser incrementada e, desse modo, garanta também a dinamização da economia regional”.

O projeto corresponde a um investimento de 3,5 milhões de euros, dos quais dois milhões são financiados por fundos comunitários já aprovados, no âmbito do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – COMPETE 2020.

Para o Turismo de Portugal, o Parque Jurássico da Lourinhã é um “projeto de características marcadamente diferenciadoras, tomando como base um recurso particularmente relevante do ponto de vista científico e histórico” – achados de dinossauros com 150 milhões de anos.

Na quinta-feira, os promotores alemães, detentores do Dinopark, um museu dos dinossauros localizado na cidade alemã de Münchenagen, referiram em comunicado que a aprovação da candidatura a fundos comunitários é “um passo determinante para a concretização do projeto”.

Com o financiamento garantido, estimam desenvolver ainda este mês “medidas de preparação na área do parque” e apontam para 2017 a construção de um parque ao ar livre, com várias dezenas de réplicas de dinossauros em tamanho real, e de um edifício com área de exposição de achados paleontológicos, loja e laboratório de preparação de fósseis.

O Parque Jurássico da Lourinhã vai ocupar, numa primeira fase, dez dos 30 hectares do terreno onde funcionou a antiga lixeira municipal.

Desde há dez anos que a Câmara Municipal ambiciona ter um novo museu, para dar a conhecer os achados paleontológicos daquela que é considerada a ‘capital dos dinossauros’ em Portugal. Contudo, o projeto, cujas construção e abertura ao público chegaram a ser anunciadas várias vezes, tem vindo a ser adiado por falta de financiamento.

Para ser concretizado, foi redimensionado e o investimento foi reduzido de 20 para 3,5 milhões de euros.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ