ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

BTL vai receber o navio-museu Gil Eanes
Revista PORT.COM • 12-Mar-2019
BTL vai receber o navio-museu Gil Eanes



Ancorado há 21 anos em Viana do Castelo, o navio vai 'zarpar' para a Bolsa de Turismo de Lisboa com um stand próprio pela primeira vez.

O navio-museu Gil Eanes vai ter, pela primeira vez, um “stand” próprio na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL). Divulgadas na BTL desde 2017, as valências do navio-museu estarão «no pavilhão 2, ao lado do “stand” do Município de Viana do Castelo», «com o objetivo de se afirmar, cada vez mais, como ponto de referência turística» e «divulgar as atividades e os programas que têm disponíveis para os mais variados públicos».

Classificado pelo TripAdvisor como o 7.º melhor museu nacional nos Traveler’s Choice Awards, no ano passado, o navio-museu espera «atingir em julho de 2019 um milhão de visitantes, desde 1998».

Resgatado da sucata para renascer como museu, o antigo navio hospital foi construído em 1955 nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) com vista a apoiar a frota bacalhoeira portuguesa nos mares da Terra Nova e Gronelândia. Mais tarde, foi navio capitania, navio correio, navio rebocador e garantiu o abastecimento de mantimentos, redes, isco e combustível aos navios de pesca do bacalhau. Regresso nos primórdios de 98 à capital do Alto Minho para ser recuperado e, no verão desse mesmo ano, abriu portas como navio-museu, gerido pela Fundação Gil Eanes, cuja missão é «transformá-lo num polo de atração da cidade de Viana do Castelo, e desenvolver iniciativas aos mais diversos públicos e entidades, tendo por base a transmissão de valores e conhecimentos das artes marítimas, sobretudo da importante assistência que prestou à frota bacalhoeira da pesca à linha».

Ao visitar o navio, é possível passar pela ponte de comando, cozinhas, padaria, casa das máquinas e ainda pelo consultório médico, sala de tratamentos, gabinetes de radiologia e bloco operatório. O simulador existente a bordo permite navegar virtualmente a barra de Viana do Castelo e o Centro de Mar, aberto desde 2014 dispõe de equipamentos multimédia, áreas de apoio ao empreendedorismo e economia náutica para experiências audiovisuais interativas. Pode ainda fazer o percurso museológico e interpretativo dedicado à cultura marítima de Viana do Castelo e observar o Centro de Documentação Marítima.

O navio-museu Gil Eane foi visitado por mais de 12 mil pessoas em 2014 e, em 2018, ultrapassou os 90 mil visitantes, o que se traduz num crescimento de 623%.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ