ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Douro regista «invasão positiva» de turistas nesta Páscoa
Revista PORT.COM • 21-Abr-2019
Douro regista «invasão positiva» de turistas nesta Páscoa



A maioria são portugueses, espanhóis ou brasileiros, que registam uma taxa de ocupação hoteleira a rondar os 80%, segundo o Turismo do Porto e Norte de Portugal.

Neste território também ocorrem manifestações religiosas tradicionais da Páscoa, mas os principais atrativos são a paisagem, a gastronomia e os vinhos.

Luís Pedro Martins referiu que a maioria dos turistas que visita o Douro é portuguesa, mas a «invasão positiva» traz também muitos espanhóis, franceses e brasileiros.

A oferta no Douro é variada, para todas as carteiras e todas as idades.

A Quinta da Pacheca, localizada junto ao rio Douro, no concelho de Lamego, tem como mais recente "cartão-de-visita" as "wine barrels", suítes dentro de 10 pipas de vinho de grande dimensão e que «têm sido um sucesso».

Sandra Dias, da Quinta da Pacheca, referiu que a unidade hoteleira está com uma taxa de ocupação de «100%» no fim de semana prolongado de Páscoa.

Para além das pipas, a propriedade possui mais 15 quartos no hotel e está também em obras de ampliação para construir mais 24 quartos.

Sandra Dias considerou que, por esta altura, o «Douro está em alta».

«A taxa de ocupação, o número de visitantes, está em alta, é uma realidade. Juntando o bom tempo estão as condições reunidas para ser uma grande época», referiu.

A responsável salientou que, no Douro, «cada vez mais se nota que a sazonalidade se está a esbater» e que os turistas procuram o território ao longo de praticamente todo o ano e não apenas na altura do verão e das vindimas.

No centro da cidade de Peso da Régua, o Original Douro Hotel tem também, segundo referiu a responsável Alice Carneiro, lotação esgotada para este fim de semana.

Os principais clientes são os portugueses, seguidos dos brasileiros, alemães, ingleses e ainda alguns provenientes dos Estados Unidos da América (EUA) ou Canadá.

O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, garantiu que «a normalidade da atividade turística» na região Norte «está assegurada» com o fim da greve dos camionistas de transporte de matérias perigosas.

E acrescentou ainda que, «apesar da greve, os operadores turísticos da região não tinham ainda transmitido registo de cancelamentos significativos».


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ