ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugal e Espanha fazem promoção conjunta dos Caminhos de Santiago e de Fátima
Revista PORT.COM • 11-Mai-2019
Portugal e Espanha fazem promoção conjunta dos Caminhos de Santiago e de Fátima



90 mil peregrinos fizeram o caminho de Santiago em 2018 e o número de turistas visitantes é cada vez maior. A medida procura fazer a marcação e aumentar a segurança dos caminhos.

Portugal e Espanha passaram a fazer em conjunto a promoção turística dos Caminhos de Santiago e Fátima, desde que foi lançado em fevereiro um programa de certificação e valorização desses percursos, disse a secretária de Estado do Turismo.

«Articulámos com Espanha fazer a promoção internacional dos dois caminhos, de Santiago e Fátima», disse aos jornalistas Ana Mendes Godinho, que ontem participou na marcação dos percursos, na Valada, Cartaxo, no distrito de Santarém, por onde passam por estes dias milhares de peregrinos.

Trata-se de um «produto que tem cada vez mais procura», por parte de turistas de todo o mundo, como Nova Zelândia, Austrália ou Estados Unidos da América, apontou, adiantando que em 2018 foram registados 90 mil turistas peregrinos nos Caminhos de Santiago em Portugal.

O Centro Nacional de Cultura e o Turismo de Portugal estão a desenvolver um projeto de estruturação, marcação e informação dos caminhos.

«Cada vez mais é um caminho com mais procura e era essencial dar condições de segurança [aos peregrinos] e ter um caminho bem estruturado e bem sinalizado», sublinhou a governante, adiantando que em alguns casos foram encontrados percursos alternativos a pensar na segurança, enquanto noutros foram reestruturados os já existentes.

Neste âmbito, foi lançado em 2018 o site “Caminhos da Fé”, onde é prestada informação aos turistas caminhantes, acompanhada pela promoção dos pontos a visitar nos territórios atravessados pelos caminhos.

«É também uma forma de abrir o mapa de Portugal e levar as pessoas a descobrir o território, quer o façam por motivações religiosas, quer o façam por motivações espirituais, o que cria também oportunidades para os territórios», sublinhou Ana Mendes Godinho.

A fase mais avançada desse trabalho encontra-se no território do Turismo do Alentejo e Ribatejo, onde está a ser feito um investimento de 400 mil euros, apoiados por fundos comunitários. Aquela entidade de turismo regional está a concluir a instalação das marcações no caminho, faltando apenas o trajeto entre Porto de Muge, ainda no concelho do Cartaxo, e Alcácer do Sal.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ