ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Aldeia Histórica de Trancoso recria uma das feiras mais importantes da Idade Média
Revista PORT.COM • 08-Out-2019
Aldeia Histórica de Trancoso recria uma das feiras mais importantes da Idade Média



De 11 a 13 de outubro, Trancoso vai estar em festa. Com o tema "Vou-me à Feira de Trancoso", o Ciclo "12 em Rede - Aldeias Históricas" dá vida a uma tradição centenária.

Vão ser três dias de festa e animação, com visitas encenadas, música, animação de rua, mercado de produtos regionais e provas gastronómicas.

“Vou-me à Feira de Trancoso” é um dos versos do “Auto de Mofina Mendes”, de Gil Vicente. É fácil perceber, assim, a importância da Feira de S. Bartolomeu, em Trancoso, que, além de ter merecido referência numa obra daquele que é considerado o primeiro grande dramaturgo português, recebeu carta de feira por D. Afonso III, em 1273, e era tão marcante para a região, que os reis portugueses lhe concediam uma proteção especial, com grandes regalias e privilégios.

O tema da festa do Ciclo “12 em Rede - Aldeias em Festa” “não podia ser outro senão esta feira centenária, que até ao século XIX continuava a ser o acontecimento mais aguardado da região”, explica a organização.

Com visitas encenadas, jogos tradicionais, provas gastronómicas, passeios de charrete, workshops, música, mercado de produtos regionais e muitas outras atividades, de 11 a 13 de outubro, a Aldeia Histórica de Trancoso lembra acontecimentos, figuras e cenas do quotidiano que marcaram a feira ao longo dos tempos. A entrada no evento é gratuita.

Esta é uma iniciativa promovida pela Associação de Desenvolvimento Turístico Aldeias Históricas de Portugal, numa organização do Município de Trancoso, associações e agentes económicos locais, com apoio do Centro 2020, Portugal 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, através do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos (PROVERE).

Depois de Trancoso, a festa segue para Idanha-a-Velha, de 1 a 3 de novembro; Monsanto, de 8 a 10 de novembro; Almeida, nos dias 29 e 30 de novembro; e Belmonte, de 27 a 30 de dezembro.

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ