ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Medicamento português para epilepsia aprovado para ser usado em crianças nos EUA
Revista PORT.COM • 13-Out-2017
Medicamento português para epilepsia aprovado para ser usado em crianças nos EUA



O regulador norte-americano Food & Drug Administration (FDA) aprovou o alargamento da indicação terapêutica do medicamento da farmacêutica portuguesa BIAL para a epilepsia no tratamento de crises epiléticas parciais em crianças a partir dos quatro anos.

O medicamento da farmacêutica portuguesa Bial, para o tratamento de crises epiléticas parciais, já pode ser usado em crianças a partir dos quatro anos de idade. De acordo com o comunicado da empresa, enviado às redações, o regulador norte-americano "a Food & Drug Administration (FDA), aprovou o alargamento da indicação terapêutica do medicamento da BIAL para a epilepsia no tratamento de crises epiléticas parciais em crianças a partir dos 4 anos".

Já em 2013, as autoridades tinham-no aprovado como "terapêutica adjuvante em adultos com crises epiléticas parciais, com ou sem generalização secundária, em 2015 a FDA alargou a indicação deste medicamento da BIAL como monoterapia em adultos e vem agora aprovar a sua indicação no tratamento de crises epiléticas parciais em crianças".

"Esta é a terceira aprovação da FDA relativamente ao medicamento da BIAL, que é comercializado nos EUA com a marca Aptiom® e na Europa com o nome comercial Zebinix", pode ler-se ainda em comunicado.

O CEO da Bial, António Portela, em comunicado aponta que "a decisão da FDA surge na sequência de vários estudos que comprovam a segurança e eficácia da utilização do nosso medicamento em pediatria".

"No ano passado, a Comissão Europeia já tinha dado luz verde para que o nosso medicamento fosse utilizado em todos os países da UE em crianças e adolescentes e agora também a FDA vem alargar a sua indicação", acrescenta.

Segundo a mesma fonte, no continente europeu "o acetato de eslicarbazepina foi aprovado pela Comissão Europeia em 2009 e está à venda em mais de 20 países".


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Cultura é a nossa marca distintiva
Graça Fonseca
Ministra da Cultura
Estudo pioneiro em Portugal
David Lopes
Administrador da FFMS
Mare Nostrum
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Felicidade? Lusodescendentes em Nova Iorque
Jack Soifer, Consultor internacional
PORTUGAL
Direito de preferência: Proteção acrescida do direito dos arrendatários
Paula Costa, Advogada
REINO UNIDO
A todas as mães emigrantes: «Ser mãe fora de Portugal é…»
Susana Morais
FRANÇA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ