ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Revista PORT.COM • 17-Nov-2017
Portugal e Espanha vão sofrer 'secas gigantes' com duração de 15 anos



O sul da Europa está a aquecer mais rapidamente que a média mundial. No final deste século, Portugal e Espanha poderão vir a sofrer secas gigantes que vão durar vários anos e partes da Península Ibérica serão transformadas em deserto.

Se as piores previsões da Universidade de Newcastle se concretizarem, a partir de 2100 Portugal e Espanha vão ter períodos de 15 anos com níveis de chuva muito baixos

As projeções dos investigadores da universidade britânica baseiam-se em 15 diferentes modelos climáticos usados pelos organismos mundialmente reconhecidos, como a NASA ou o Instituto Meteorológico Max Planck, refere a SIC.

Segundo a estação televisiva, embora cada um dos modelos climáticos tenha produzido diferentes resultados, a verdade é que aqueles que preveem "futuras secas extremas" acertaram em anteriores previsões, sublinham os investigadores no artigo publicado este ano no International Journal of Climatology.

Portugal está a atravessar a 8ª situação de seca severa ou extrema desde 1940, com a mais grave no período entre 2004 e 2006.

Espanha teve três grandes períodos de seca, com a última a durar cinco anos, entre 1990-1995. Mas tem vindo a sofrer vários períodos mais pequenos de seca nos últimos anos.

Os investigadores analisaram os dados dos três maiores rios da Península Ibérica. "Em todos os modelos climáticos se prevê a intensificação da seca no Douro, Tejo e Guadiana", referem.

"Alguns preveem pequenos aumentos nas condições de seca, mas a maioria prevê secas, que podem durar 8 a 15 anos, com médias anuais de chuva muito baixas", salientam os investigadores.

 

Portugal Continental em situação de seca severa

Portugal está a atravessar uma situação de seca severa ou extrema, a situação mais grave desde 1940. Os campos estão secos e sem pastagens e os alimentos para os animais são cada vez menos. Os produtores pecuários dizem que as rações e palha não são suficientes para alimentar os animais.

A seca agravou-se em outubro e está a afetar todo o território continental. O mês de outubro foi o mais quente dos últimos 87 anos, com o valor da temperatura média do ar cerca de três graus acima do normal.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Um retrato dos cientistas portugueses no estrangeiro
Daniel Bastos
Historiador
Alargamento da Ação Cultural Externa às Comunidades Portuguesas
José Cesário
Deputado do PSD
Investimentos Brasil-Portugal
Fernando Pinho
Economista, palestrante e consultor financeiro
DISCURSO DIRETO
'Encontros são uma homenagem aos empresários da diáspora'
José Luís Carneiro
PORTUGAL
'O Estado abandonou o país rural'
Nádia Piazza
PORTUGAL
José Redondo e a paixão pelo râguebi
José Redondo
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ