ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

NASA mostra como o furacão Ofélia influenciou os incêndios em Portugal
Revista PORT.COM • 25-Nov-2017
NASA mostra como o furacão Ofélia influenciou os incêndios em Portugal



A agência espacial norte-americana NASA divulgou um vídeo que ilustra o impacto dos furacões que atingiram o Oceano Atlântico, nos últimos meses, mostrando em particular como o Ofélia teve influência nos grandes incêndios que abalaram Portugal em Outubro.

As imagens do vídeo da NASA resultam de uma composição animada com base numa série de dados recolhidos pelos satélites da agência espacial, “combinados com modelos matemáticos numa simulação de computador“, conforme explica a entidade.

Assim, ilustra-se a evolução dos furacões que atingiram o Atlântico nos últimos meses, com destaque para o Ofélia, mostrando o percurso que as partículas que transportaram efectuaram.

A NASA explica que o Ofélia fez uma trajectória invulgar, situando-se mais a norte do que qualquer outro furacão que afectou o Atlântico. Dirigiu-se para noroeste, arrastando consigo as poeiras do deserto do Saara e dando maior força aos incêndios em Portugal, com os ventos que impulsionou.

O Ofélia deslocou depois as cinzas e o fumo dos grandes incêndios que assolaram várias zonas do território português, em Outubro, para a Irlanda e para o Reino Unido.

A NASA explica, ainda, que os avanços nas tecnologias permitem, hoje em dia, aos cientistas incluírem mais dados nas suas simulações de computar para perceber melhor como é que “os aerossóis interagem com os sistemas de tempestade”.

“Pequenas partículas de aerossóis, tais como fumo, poeira e sal do mar, são transportadas pelo globo, deixando visíveis padrões de meteorologia e outros processos físicos normalmente invisíveis”, acrescenta a agência espacial.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ