ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Instrumentos cirúrgicos portugueses com patente aprovada nos Estados Unidos da América
Revista PORT.COM • 08-Fev-2018
Instrumentos cirúrgicos portugueses com patente aprovada nos Estados Unidos da América



Destinam-se ao tratamento da Síndrome do Túnel do Carpo, patologia caracterizada por dores, formigueiros e adormecimento a nível do punho, mão e dedos. Aumento do número de casos tem sido associado a atividades que implicam o uso repetitivo das mãos, como os teclados e os 'ratos' dos computadores.

O processo de registo da patente de um conjunto de instrumentos cirúrgicos desenvolvidos em Portugal e destinados ao tratamento da Síndrome do Túnel do Carpo (STC) foi aprovado nos Estados Unidos da América (EUA).

O cirurgião-ortopedista Dinis Carmo, autor desta inovação, destaca em comunicado de imprensa que “a patente obtida nos EUA é o corolário do esforço inerente a um longo processo iniciado em 2010 e que nos últimos meses resultou na aprovação das patentes do ‘kit’ de instrumentos que desenvolveu em mais de 20 países, espalhados por quatro continentes”.

“Neste momento, os instrumentos cirúrgicos estão já patenteados em 25 países, mas a patente alcançada nos EUA é, sem dúvida, a que se reveste de maior importância, pois a quase totalidade das companhias que se dedicam ao fabrico e comercialização de dispositivos médicos são norte-americanas e a maioria dos desenvolvimentos na área médica provêm desse país. A influência americana no mundo da medicina é de tal maneira esmagadora que antes preferia ter a concessão da patente apenas nos EUA do que no resto do mundo”, considera Dinis Carmo.

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma patologia caracterizada por dores, formigueiros e adormecimento a nível do punho, mão e dedos, manifestando-se sobretudo durante a noite, sendo os sintomas suficientemente fortes para despertarem o doente, impedindo o repouso. Afeta, sobretudo, mulheres a partir dos 35 anos de idade e o aumento do número de casos tem sido associado a atividades que implicam o uso repetitivo das mãos, como os teclados e os “ratos” dos computadores, tendo por isso já sido apelidada como uma “doença do século XXI”.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Observatório dos Lusodescendentes
Daniel Bastos
Historiador
La Lys: Celebrações com sentido reparador
Paulo Pisco
Deputado do PS
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
A Oriente nada de novo?
José Caria
PORTUGAL
“Acreditem no potencial que existe nas comunidades”
Isabelle Coelho-Marques
PORTUGAL
“Não foi por acaso que Portugal foi o melhor destino do mundo em 2017”
Pedro Machado
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ