ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Investigadora portuguesa recebe bolsa de um milhão de dólares da União Africana
Revista PORT.COM • 19-Fev-2018
Investigadora portuguesa recebe bolsa de um milhão de dólares da União Africana



A investigadora lusa Maria do Céu Madureira recebeu uma bolsa da União Africana, no valor de um milhão de dólares, para estudar plantas medicinais e promover a sustentabilidade dos recursos florestais em São Tomé e Príncipe e Angola.

A investigadora do Centro de Ecologia Funcional - Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra explicou que este financiamento vai permitir dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo, sobretudo em São Tomé e Príncipe.

"Esta bolsa vai ser de três anos e vai abranger Angola e São Tomé, na vertente plantas medicinais e cogumelos, que podem ser medicinais ou alimentares. Vamos desenvolver fileiras de utilização racional destes produtos florestais, que existem nas florestas dos dois países", explicou em entrevista à agência Lusa.

A fazer investigação em São Tomé, sobretudo na ilha do Príncipe, desde 1993, a investigadora decidiu enveredar também por projetos que contribuíssem "para a manutenção do conhecimento tradicional e da sua transmissão oral para os mais novos" e evitassem "que os recursos fossem mal utilizados e de forma insustentável".

A investigadora trabalha diretamente com os terapeutas e curandeiros tradicionais, recebendo os seus conhecimentos sobre as plantas, muitas endémicas no Príncipe, e transmitindo-lhes também os resultados das suas investigações enquanto farmacêutica.

Maria do Céu Madureira vai coordenar uma equipa de investigadores do centro, ligados ao estudo dos microfungos e dos macrofungos e da área dos solos.

"Vamos tentar demonstrar que ao fazermos isto regeneramos os solos e regeneramos áreas perdidas de florestas e que podem ser economicamente utilizadas pelas comunidades para aumento das suas rendas familiares, é investigação aplicada que permitirá ver resultados nestes três anos", explicou.

Integrarão ainda a equipa elementos do Centro de Investigação Botânica da Universidade Agostinho Neto e do Centro Tecnológico, ligado ao Ministério da Ciência e Tecnologia de Angola.

Atualmente, a investigadora está também em contactos com o Salk Institute dos Estados Unidos para recomeçar um projeto iniciado em 2014 "com plantas da família das apocináceas que podem ter compostos ativos muito interessantes para o Alzheimer", uma descoberta que "pode representar uma melhoria", não só para a população de São Tomé e Príncipe, "mas para todo o mundo".

"Existem aqui algumas plantas desta espécie, nomeadamente uma que ando atrás dela já há alguns anos que é endémica e nunca foi estudada", disse, acrescentando que está "muito perto" de a conseguir descrever, uma vez que na semana passada conseguiu encontrar a flor, o elemento que faltava estudar.

"Poderá ser descrita em breve e ser avaliado se tem os compostos para combater o Alzheimer", referiu a investigadora.

Maria do Céu Madureira vai receber o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, durante a deslocação que vai fazer ao Príncipe, no âmbito da visita de Estado que efetua a São Tomé e Príncipe entre 20 e 22 de fevereiro.

A investigadora vai mostrar a Marcelo Rebelo de Sousa a entrada do parque natural do Príncipe, na Roça de Porto Real, para o Presidente "ficar debaixo da canópia florestal e mostrar-lhe algumas espécies que existem lá".


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Mensagem de Natal para os leitores da revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República
Manaus, seiva d'ouro
Jack Soifer
Consultor Internacional
Oportunidade de encontro com o país e com uma região
José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas
DISCURSO DIRETO
Quo Vadis?
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Tinha o sonho de ter um hotel em NY e consegui concretizá-lo»
Alfredo Pedro, empresário
PORTUGAL
«A CPLP oferece um extraordinário e estratégico instrumento»
Secretária Executiva da CPLP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ