ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Maior eclipse lunar do século vê-se em quase todo o mundo
Revista PORT.COM • 27-Jul-2018
Maior eclipse lunar do século vê-se em quase todo o mundo



O eclipse total da Lua vai acontecer hoje (27 de julho). O fenómeno dura cerca de quatro horas.

Hoje vai acontecer o eclipse total da Lua mais longo do século. Apesar do fenómeno ser visível em quase todo o mundo, há sítios onde vai ser mais fácil conseguir uma boa fotografia. Segundo os astrónomos, as melhores imagens vão ser tiradas quando a Lua ficar vermelha nos países do este de África, em alguns da Europa e outros da Ásia.

O fenómeno vai demorar cerca de quatro horas. Quem estiver na Europa, na Ásia, na Austrália, na África ou na América do Sul poderá observá-lo. A mesma sorte não terá os Estados Unidos. 

Segundo a revista TIME, o momento principal, será quando a sombra da Terra cobrir a Lua e criar uma completa escuridão, que vai durar cerca de uma hora e 43 minutos. 

O eclipse da Lua acontece quando a Terra fica entre a Lua e o Sol e a sombra da Terra cobre a superfície lunar. De acordo com a NASA, a Lua fica vermelha durante este fenómeno, uma vez que a luz do sol atravessa a atmosfera da Terra durante o pôr do sol e o nascer do sol e essa luz é refletida na Lua. 

 

O que vai acontecer?

Em Portugal Continental, o ‘espetáculo’ começa às 20H47 porque é a essa hora que a Lua nasce. Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa, prolonga-se até às 00h30 de Portugal Continental, menos uma hora nos Açores. Pelo meio, o eclipse vai passando por sete fases diferentes embora as três primeiras não sejam visíveis no país.

Quando forem 18 horas, 14 minutos e 47 segundos em Lisboa começa o eclipse penumbral, em que a Lua ainda é visível e perde tão pouca luminosidade que poucos darão por isso. É um fenómeno muito discreto porque a Lua fica tapada apenas por uma região muito difusa da sombra terrestre, a penumbra. Cerca de uma hora depois, a Lua entra numa nova fase: o eclipse parcial começa às 19 horas, 24 minutos e 27 segundos, que é quando a Lua atravessa a linha entre a penumbra e a umbra da sombra da Terra à medida que se vai alinhando com o nosso planeta e o Sol e começa a ficar escondida por essa sombra.

Às 20 horas, 30 minutos e 15 segundos começa o eclipse total e a Lua fica completamente tapada pela zona mais escura da sombra da Terra. A Lua nasce pouco depois em Portugal: o satélite surge no céu às 20h38 em Faro, às 20h47 em Lisboa, às 20h51 no Porto, às 20h52 em Ponta Delgada e às 21h05 no Funchal.

O ponto máximo do eclipse acontece às 21 horas, 24 minutos e 44 segundos de Lisboa e a fase total, em que a Lua está completamente no interior da umbra da sombra terrestre, termina cerca de uma hora depois, quando forem 22 horas, 13 minutos e 11 segundos. A partir daí a Lua passa a estar apenas em eclipse parcial e começa a fazer o percurso inverso para fora da sombra da Terra. Às 23 horas e 19 minutos sai da umbra e entra na penumbra, que é a zona da sombra da Terra menos escura. E tudo acaba quando for meia-noite, 28 minutos e 38 segundos do sábado.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ