ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Maior eclipse lunar do século vê-se em quase todo o mundo
Revista PORT.COM • 27-Jul-2018
Maior eclipse lunar do século vê-se em quase todo o mundo



O eclipse total da Lua vai acontecer hoje (27 de julho). O fenómeno dura cerca de quatro horas.

Hoje vai acontecer o eclipse total da Lua mais longo do século. Apesar do fenómeno ser visível em quase todo o mundo, há sítios onde vai ser mais fácil conseguir uma boa fotografia. Segundo os astrónomos, as melhores imagens vão ser tiradas quando a Lua ficar vermelha nos países do este de África, em alguns da Europa e outros da Ásia.

O fenómeno vai demorar cerca de quatro horas. Quem estiver na Europa, na Ásia, na Austrália, na África ou na América do Sul poderá observá-lo. A mesma sorte não terá os Estados Unidos. 

Segundo a revista TIME, o momento principal, será quando a sombra da Terra cobrir a Lua e criar uma completa escuridão, que vai durar cerca de uma hora e 43 minutos. 

O eclipse da Lua acontece quando a Terra fica entre a Lua e o Sol e a sombra da Terra cobre a superfície lunar. De acordo com a NASA, a Lua fica vermelha durante este fenómeno, uma vez que a luz do sol atravessa a atmosfera da Terra durante o pôr do sol e o nascer do sol e essa luz é refletida na Lua. 

 

O que vai acontecer?

Em Portugal Continental, o ‘espetáculo’ começa às 20H47 porque é a essa hora que a Lua nasce. Segundo o Observatório Astronómico de Lisboa, prolonga-se até às 00h30 de Portugal Continental, menos uma hora nos Açores. Pelo meio, o eclipse vai passando por sete fases diferentes embora as três primeiras não sejam visíveis no país.

Quando forem 18 horas, 14 minutos e 47 segundos em Lisboa começa o eclipse penumbral, em que a Lua ainda é visível e perde tão pouca luminosidade que poucos darão por isso. É um fenómeno muito discreto porque a Lua fica tapada apenas por uma região muito difusa da sombra terrestre, a penumbra. Cerca de uma hora depois, a Lua entra numa nova fase: o eclipse parcial começa às 19 horas, 24 minutos e 27 segundos, que é quando a Lua atravessa a linha entre a penumbra e a umbra da sombra da Terra à medida que se vai alinhando com o nosso planeta e o Sol e começa a ficar escondida por essa sombra.

Às 20 horas, 30 minutos e 15 segundos começa o eclipse total e a Lua fica completamente tapada pela zona mais escura da sombra da Terra. A Lua nasce pouco depois em Portugal: o satélite surge no céu às 20h38 em Faro, às 20h47 em Lisboa, às 20h51 no Porto, às 20h52 em Ponta Delgada e às 21h05 no Funchal.

O ponto máximo do eclipse acontece às 21 horas, 24 minutos e 44 segundos de Lisboa e a fase total, em que a Lua está completamente no interior da umbra da sombra terrestre, termina cerca de uma hora depois, quando forem 22 horas, 13 minutos e 11 segundos. A partir daí a Lua passa a estar apenas em eclipse parcial e começa a fazer o percurso inverso para fora da sombra da Terra. Às 23 horas e 19 minutos sai da umbra e entra na penumbra, que é a zona da sombra da Terra menos escura. E tudo acaba quando for meia-noite, 28 minutos e 38 segundos do sábado.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ