ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Internet de banda larga em alto mar tem assinatura portuguesa
Revista PORT.COM • 05-Nov-2018
Internet de banda larga em alto mar tem assinatura portuguesa



Marinha, frotas de pesca e transporte marítimo em geral contam agora com o projeto MareCom, uma tecnologia que, apesar do isolamento em alto mar, permitirá melhorar a eficiência, a eficácia operacional e os níveis de bem-estar a bordo. A solução foi testada com sucesso na Base Naval de Lisboa pela Marinha Portuguesa.

Ao longo de mais de dois anos, cerca de 25 investigadores portugueses desenvolveram uma tecnologia que permite comunicações sem fios de banda larga e baixo custo em alto mar.

O projeto, intitulado MareCom, contou com a participação da empresa Wavecom, e teve a colaboração do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TEC), do Centro de Investigação Naval (CINAV) da Marinha Portuguesa e da Ubiwhere.

Em cenário operacional, a solução desenvolvida poderá atingir alcances até dezenas de milhas da costa, quando usados níveis de potência de transmissão adequados e locais apropriados para a instalação das estações de comunicações costeiras.

No fundo, vai ser possível às embarcações terem acesso a internet mais rápida, sem o retardamento atual, disponibilizado pelas comunicações via satélite.

A solução desenvolvida baseia-se em várias tecnologias: uma antena multissetorial, um novo mecanismo de gestão das comunicações em meio partilhado, um novo protocolo de encaminhamento para o estabelecimento de redes de comunicações entre embarcações e uma aplicação de partilha de conteúdos tolerante a ligações intermitentes.

«A solução tecnológica que desenvolvemos consiste numa caixa de comunicações que pode ser instalada em embarcações e estações de comunicações costeiras, juntamente com as antenas adequadas. Na demonstração final do protótipo da solução na Base Naval de Lisboa foram atingidos débitos binários superiores a 10Mbit/s, muito acima dos valores típicos das comunicações via satélite e sem a latência elevada associada», explicou Rui Campos, coordenador da área de redes sem fios do Centro de Telecomunicações e Multimédia do INESC TEC.

O projecto MareCom foi financiado pelo Compete 2020, para o investimento realizado pela Wavecom, Ubiwhere e INESC TEC, e pelo Lisboa 2020, para o investimento realizado pela Marinha e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ